Humberto Costa lamenta a morte do deputado Sérgio Guerra

Deputado que foi presidente do PSDB morreu nesta quinta-feira (06).

:: Da redação6 de março de 2014 15:26

Humberto Costa lamenta a morte do deputado Sérgio Guerra

:: Da redação6 de março de 2014

Humberto: relação de cordialidade e respeito
com o opositor

O líder do PT no Senado, Humberto Costa (PE), utilizou seu perfil no Twitter (@humbertocostapt) para lamentar o falecimento do deputado estadual Sérgio Guerra (PSDB-PE), na manhã desta quinta-feira (06). Humberto destacou que o colega congressista foi um “grande articulador da oposição”, mas que sempre houve uma relação cordial e respeitosa entre os dois.

“Embora em campo oposto ao do deputado federal Sérgio Guerra, pude atestar no Congresso o seu papel como um grande articulador da oposição”, escreveu o petista em seu primeiro tweet. “Sempre mantive com Sérgio Guerra uma relação de cordialidade e respeito. Minhas condolências a família e os amigos nesta hora difícil”, publicou em seguida.

Pouco depois, o senador Paulo Paim (PT-RS), também no Twitter (@paulopaim), comentou a morte de um dos principais nomes do ninho tucano. “Minhas condolências aos familiares e aos amigos do ex-senador Sérgio Guerra. O PSDB perdeu um dos seus grandes líderes. Sérgio Guerra era um homem do diálogo, de firmes convicções, de cumprir acordos. O Brasil perdeu um político de enorme valor”, afirmou.

Segundo comunicado divulgado pela assessoria do PSDB, Sérgio Guerra, aos 66 anos, não sucumbiu a sua luta contra um câncer de pulmão que se espalhou pelo cérebro. Desde que descobriu o câncer, ele foi submetido a duas cirurgias no cérebro, além de tratamentos com radioterapia para tratar os tumores. Há 15 dias estava internado no Hospital Sírio Libanês, em São Paulo, para tratar uma pneumonia que agravou seu estado de saúde.

Perfil
Economista, empresário e criador de cavalos de raça, ele presidiu o PSDB Nacional, de 2007 a 2013. Pernambucano, Guerra militou no movimento estudantil e deixa quatro filhos.

Leia também