Humberto sobre a Copa: a bola de cristal dos profetas do caos trincou

Suplicy: críticas de Serra baseiam-se em equívocos“A Copa do Mundo do Brasil nem acabou ainda, mas já identificamos os grandes derrotados: todos aqueles que torceram contra. E não foram poucos”. A avaliação é do líder do PT no Senado, Humberto Costa (PE), que subiu a tribuna de honra do plenário, nesta terça-feira (2), para ressaltar que após o mundo inteiro reconhecer o campeonato como o melhor da história, as “aves do mau agouro” foram obrigadas a mudar o discurso.

:: Catharine Rocha2 de julho de 2014 21:09

Humberto sobre a Copa: a bola de cristal dos profetas do caos trincou

:: Catharine Rocha2 de julho de 2014

“Nos jornais, nas revistas de grande circulação, nas televisões, o tom é de comemoração da Copa, como se parte da mídia sempre tivesse agido dessa forma, como se nunca tivesse desacreditado da capacidade do Brasil e dos brasileiros em sediar o mundial”, disse Humberto. “A bola de cristal da turma deu defeito. Nada do que anunciaram os profetas do caos ocorreu”, completou.

O senador lamentou a “pequenez” dos que só conseguiram ver o potencial do Brasil depois que tudo deu certo e de a imprensa estrangeira lançar “incontáveis elogios” aos aeroportos, metrô, estádios, à organização das partidas e ao povo brasileiro. Em uma das pesquisas mais recentes sobre o torneio futebolístico, realizada pelo site de notícias UOL Esportes, no último fim de semana, com 117 jornalistas, mostrou que os repórteres estrangeiros consideraram “surpreendentemente positivos” a população brasileira, a sensação de segurança e a organização da Copa.  

“Precisamos ganhar o jogo lá fora para silenciar o coro de quem torcia contra a gente aqui dentro”, afirmou Humberto Costa, contraditando a imprensa nacional que tenta jogar para os diários internacionais a responsabilidade pela onda pessimista que tomou conta do noticiário antes do início dos jogos.

Novo alvo
Entretanto, advertiu o senador, se os ataques à organização da Copa do Mundo de 2014 foram sucumbidos pela realidade, os arautos do caos miram em outro alvo: a economia. A pregação terrorista dos que torcem contra o País, na verdade, já ocorreu no último semestre de 2013, mas nenhuma as previsões apocalípticas se concretizou.

“Nosso índice de desemprego, por exemplo, chegou em abril ao patamar mais baixo da série histórica. Temos um índice de cerca de 5% de desempregados, enquanto os Estados Unidos e o Chile têm mais de 6%, a Zona Euro tem mais de 11% e a Itália, analisada isoladamente, mais de 12%. Mas os críticos insistem em não ver”, ressaltou o líder petista. “A inflação está totalmente sob controle e encerrará 2014 respeitando os limites estabelecidos no âmbito do regime de metas”, finalizou.

Humberto Costa ainda ponderou que ao passo que mundo inteiro atravessa a pior crise econômica, o Brasil tem mostrado musculatura para atravessar sem “grandes danos” os efeitos deste período crítico.

Catharine Rocha

Leia também