IBGE prevê safra 14,7% maior que a de 2012

:: Da redação9 de julho de 2013 15:55

IBGE prevê safra 14,7% maior que a de 2012

:: Da redação9 de julho de 2013

A sexta estimativa da safra nacional de cereais, leguminosas e oleaginosas totalizou 185,7 milhões de toneladas, superior 14,7% à obtida em 2012 (161,9 milhões de toneladas), informou nesta terça-feira (09) o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A estimativa da área a ser colhida em 2013 (52,6 milhões de hectares) cresceu 7,8% frente à área colhida em 2012 (48,8 milhões de hectares) e ficou 330.166 hectares menor que a prevista em maio. O arroz, o milho e a soja são os três principais produtos deste grupo e, somados, representaram 92,2% da estimativa da produção e responderam por 86,2% da área a ser colhida.

Ainda segundo o IBGE, a área plantada com milho cresceu 7,2% e a de soja foi ampliada em 11,1%, entre 2012 e 2013. No mesmo período, houve um recuo de 0,4% na área colhida de arroz, que, ainda assim, teve um crescimento de 3,1% na produção. A produção de milho cresceu 9,7% e a de soja 23,8%.

O Centro-Oeste foi responsável pelo maior volume de produção, entre as cinco regiões, com 75,9 milhões de toneladas de cereais, leguminosas e oleaginosas. Em seguida vêm o Sul (73,4 milhões de toneladas), o Sudeste (19,6 milhões), o Nordeste (12,2 milhões) e o Norte (4,6 milhões). Em comparação à safra passada, a região que mais ampliou sua produção foi o Sul (33%), seguido pelo Centro-Oeste (7,2%), Nordeste (2,4%) e Sudeste (1,9%. O Norte sofreu um decréscimo de 2,6%.

IBGE_img1-_safra 

Na estimativa para 2013, o IBGE aponta o Mato Grosso como o maior produtor nacional de grãos, com uma participação de 23,8%, seguido pelo Paraná (20,4%) e Rio Grande do Sul (15,7%).

Com informações do IBGE

Leia mais:

Dilma anuncia suspensão de dívidas de agricultores do Semiárido

Safra 2013/14: BB e Caixa destinam R$ 73,7 bilhões para o crédito rural

Leia também