Fraude judicial

Veja como Moro combinou com procuradores atacar Lula e sua defesa

Conversas divulgadas na sexta pelo Intercept reforçam que ex-juiz atuava como coordenador informal da Lava Jato
:: Agência PT de Notícias14 de junho de 2019 22:29

Veja como Moro combinou com procuradores atacar Lula e sua defesa

:: Agência PT de Notícias14 de junho de 2019

O então juiz Sérgio Moro pediu ao Ministério Público Federal (MPF) que publicasse uma nota à imprensa desqualificando a defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). O episódio ocorrido em 10 de maio de 2017 foi revelado na noite desta sexta-feira pelo portal The Intercept na série “Conversas secretas da Lava Jato”.

Desta vez, as conversas de Moro se deram com o procurador Carlos Fernando dos Santos Lima que assim como Deltan Dallagnol, integra a força-tarefa da operação no Paraná. O atual ministro da Justiça de Jair Bolsonaro qualifica a atuação da defesa de Lula, no caso triplex, durante um dos pontos altos da operação, de “showzinho”.

Ainda segundo o The Intercept,”essas conversas provam que Moro estava sugerindo estratégias para que os procuradores realizassem sua campanha pública contra o próprio réu que ele estava julgando”.

LEIA A ÍNTEGRA DA MATÉRIA NO THE INTERCEPT

Agência PT de Notícias com Brasil de Fato.

Leia também