Organização criminosa

Intercept: reportagens mostram como o ‘juiz’ Moro atuou para incriminar Lula

Mensagens privadas da Lava Jato mostram ilegalidades e arbítrios cometidos pelos protagonistas da operação para incriminar Lula. Matéria exclusiva do Intercept
:: Agência PT de Notícias9 de junho de 2019 20:46

Intercept: reportagens mostram como o ‘juiz’ Moro atuou para incriminar Lula

:: Agência PT de Notícias9 de junho de 2019

Sergio Moro e Deltan Dallagnol trocaram mensagens de texto que revelam que o então juiz federal foi muito além do papel que lhe cabia quando julgou casos da Lava Jato. Em diversas conversas privadas, até agora inéditas, Moro sugeriu ao procurador que trocasse a ordem de fases da Lava Jato, cobrou agilidade em novas operações, deu conselhos estratégicos e pistas informais de investigação, antecipou ao menos uma decisão, criticou e sugeriu recursos ao Ministério Público e deu broncas em Dallagnol como se ele fosse um superior hierárquico dos procuradores e da Polícia Federal.

Produzidas a partir de arquivos enormes e inéditos – incluindo mensagens privadas, gravações em áudio, vídeos, fotos, documentos judiciais e outros itens – enviados por uma fonte anônima, as três reportagens revelam comportamentos antiéticos e transgressões que o Brasil e o mundo têm o direito de conhecer.

Leia aqui a íntegra a notícia divulgada com exclusividade pelo Intercept. 

Por Intercept

Leia também