IPCA-15 fica em 0,17% em julho

A inflação medida pelo Índice  Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA-15), para as famílias cuja renda mensal varia de um a 40 salários mínimos, caiu de 0,47% em junho para 0,17% em julho, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE),  responsável pela coleta de preços em onze regiões metropolitanas do País. A queda observada teve influencia dos itens transportes e dos alimentos. Ambos ficaram mais baratos. O IPCA amplo, que é usado como indicador para a política monetária, indica a inflação nos preços para as famílias com renda de um a 20 salários mínimos.

:: Da redação22 de julho de 2014 20:54

IPCA-15 fica em 0,17% em julho

:: Da redação22 de julho de 2014

O grupo Transportes caiu de 0,50% em junho para uma taxa negativa de 0,85% em julho, sendo responsável pelo recuo do índice. O item Alimentação e Bebidas caiu de 0,21% em junho para -0,03% em julho, também impactando o índice fechado.

Nos alimentos, muitos produtos ficaram mais baratos de um mês para o outro, especialmente a batata-inglesa, que caiu 13,23%, o tomate (-11,63%), feijão-fradinho (-8,04%), cenoura (-7,67%), feijão-carioca (-7,44%), cebola (-6,36%), hortaliças (-5,33%), feijão-preto (-5,32%) e farinha de mandioca (-4,60%).

Dos demais grupos, apenas Habitação (de 0,29% em junho para 0,48% em julho) e (de 1,09% para 1,74%) não caíram.

Com informações do IBGE

Leia também