Patrimônio Nacional

Jean Paul assume presidência da Frente de Defesa da Petrobras

Governo incorre em crime contra o povo brasileiro ao apregoar a venda de uma empresa estatal estratégica para o país como a Petrobrás
:: Assessoria do senador Jean Paul Prates11 de dezembro de 2019 15:43

Jean Paul assume presidência da Frente de Defesa da Petrobras

:: Assessoria do senador Jean Paul Prates11 de dezembro de 2019

Nesta quarta-feira (11) no Senado Federal foi realizada a solenidade simbólica de transmissão do cargo de presidência da Frente Parlamentar Mista de Defesa da Petrobras. O deputado federal Nelson Pelegrino (PT-BA) deixa a presidência da Frente e o senador Jean Paul Prates (PT-RN), na condição de vice-presidente, assume a liderança da comissão.

“O senador Jean Paul tem sido o braço direito em todas as iniciativas empreendidas pela frente parlamentar. Tivemos uma atuação de destaque no Supremo Tribunal Federal durante debate sobre o processo de venda de ativos da Petrobras”, frisou o deputado. Pelegrino vai assumir o cargo de Secretário Estadual de Desenvolvimento Urbano da Bahia e solicitou licenciamento do cargo parlamentar na Câmara.

Jean Paul Prates disse que o Governo Federal incorre em um crime contra o povo brasileiro ao apregoar a venda de uma empresa estatal estratégica para o país como a Petrobrás. “A essa política de desinvestimento da Petrobras, com a entrega de subsidiárias, essa desverticalização, esse desmantelamento é um erro”, criticou o parlamentar. “Querem privatizar o setor não apenas no sentido de atrair investimento novo, mas sim vender para apurar dinheiro, para pagar bancos”, completou.

Em sua fala, o deputado Nelson Pelegrino ressaltou que a política privatista e de importação de combustível já resulta em graves prejuízos à Bahia. Ele citou o fechamento da Fábrica de Fertilizantes de Camaçari e a redução da produtividade da Refinaria Landulpho Alves, que opera hoje com metade da sua carga. “Fazer esta política de desmonte é destruir a cadeia produtiva da empresa”, disse.

Na ocasião também foi lançado o site da Frente Parlamentar. De acordo com Jean Paul, a ferramenta funcionará como ponto virtual de convergência de notícias e mobilização em defesa da Petrobras. “A página é um instrumento para consolidar as informações de tudo o que está acontecendo nesse processo e disponibilizar ao cidadão, além de ser um canal para divulgarmos as ações da comissão e facilitar a integração com outras frentes estaduais e setoriais”, explicou.

Acesse o site da Frente Parlamentar

Confira a íntegra da matéria

Leia também