Patrimônio Nacional

Jean Paul crítica à privatização da Petrobrás e Eletrobrás

Senador aponta que venda das estatais, defendida pelo governo Bolsonaro, é criminosa
:: Assessoria do senador Jean Paul Prates27 de setembro de 2019 10:55

Jean Paul crítica à privatização da Petrobrás e Eletrobrás

:: Assessoria do senador Jean Paul Prates27 de setembro de 2019

O senador Jean Paul Prates (PT-RN) disse nesta quinta-feira, 26 de setembro, que o governo Bolsonaro incorre em um crime contra o povo brasileiro ao apregoar a venda de empresas estatais estratégicas para o país, como a Petrobrás e a Eletrobrás. Durante audiência na Comissão de Infraestrutura do Senado que discutia a reestruturação societária das subsidiárias Eletrosul e a Companhia de Geração Térmica de Energia Elétrica, ambas vinculadas à Eletrobrás, ele condenou de maneira veemente a venda da empresa, apontando que o governo incorre em crime de lesa-pátria.

“Sou amigo das agências reguladoras e defensor do Estado brasileiro sem radicalismo e com muita consistência. Mas não aceito que digam meias palavras sobre plano envolvendo a Petrobras, Eletrobras, Furnas e Chesf “, declarou. “Tortuosamente, não aceito e não vamos deixar passar dessa forma dissimulada”.

Jean Paul disse que comunicação do governo está confusa e não aponta um caminho para o futuro das empresas públicas. “As coisas têm que ser ditas honestamente”, replicou. “Se o governo quer vender as empresas ou mudar as atuações delas no mercado nacional, precisa dizer isso claramente para a população e submeter a decisão à avaliação do Congresso”, criticou.

Confira a íntegra da matéria

Leia também