Operação Lesa-Pátria

Lava Jato “devolve” R$ 600 mi, depois de tombo de 2,5% no PIB

A ação da Lava Jato é devastadora nos setores de petróleo e de sua cadeia produtiva (metal-mecânica, indústria naval etc.), da construção civil e da engenharia pesada
:: Fernando Rosa7 de dezembro de 2017 14:31

Lava Jato “devolve” R$ 600 mi, depois de tombo de 2,5% no PIB

:: Fernando Rosa7 de dezembro de 2017

“Em 2018, devemos rever em quem vamos votar. Isso será um ponto decisivo na mudança do nosso País”, afirmou o “juiz” Sérgio Moro, arvorando-se a alter ego do povo brasileiro. A declaração ocorreu na manhã em que o país acordou com a notícia da votação, pela Câmara dos Deputados, da Medida Provisória 795. Já batizada “MP do trilhão”, a medida golpista presenteia as petroleiras estrangeiras com isenção fiscal que beira a esse valor astronômico. Moro participa de evento na Petrobras nesta sexta-feira, onde é alvo de protestos populares.

Leia maisCom MP 795, presente às petroleiras é de R$ 1 trilhão

Antes de seguir com sua cruzada contra Lula, que teve mais um episódio nesta quinta-feira, em Curitiba – com a “devolução” de R$ 600 milhões à Petrobras, o juiz deveria preocupar-se com as consequências da Lava Jato ao país. Por exemplo, a Lava Jato contribuiu entre 2 e 2,5 pontos percentuais em cada ano nas quedas do PIB de 3,8% em 2015 e de 3,6% em 2016, segundo as consultorias Tendências e GO Associados. Segundo a GO Associados, os impactos diretos e indiretos da operação podem ser de R$ 142,6 bilhões em 2015, algo em torno de 2,5% do PIB.

“Os senhores destruíram 3 milhões de empregos, abriram mão de R$ 4,8 trilhões da Petrobras, como operadora única, e de R$5 trilhões, que é o valor do pré-Sal que nós vamos entregar de bandeja aos operadores privados. Parabéns, Lava Jato! Parabéns! Parabéns, Ministério Público! Parabéns, Judiciário! Vocês merecem um prêmio mesmo, um prêmio de lesa-pátria de entrega dos interesses nacionais, um prêmio por não saberem calcular o que significa valor para um país”

Gleisi Hoffmann, senadora e presidente nacional do PT

A ação da Lava Jato é devastadora nos setores de petróleo e de sua cadeia produtiva (metal-mecânica, indústria naval etc.), da construção civil e da engenharia pesada. Em 2015 e 2016, houve redução de 2,86 milhões no saldo de empregos formais no Brasil, de acordo com o CAGED. Apenas no estado do Rio de Janeiro, foram mais de 400 mil empregos perdidos (15% do total), sendo mais de 200 mil na indústria e na construção civil.

A irresponsabilidade, ou talvez algo mais grave, da Lava Jato, não fica resumida aos efeitos já verificados nos números oficiais e no cotidiano dos brasileiros. As empresas envolvidas na Lava Jato, por exemplo, seriam responsáveis por investimentos de quase 5% do PIB, em um país em que o nível total dos investimentos está em cerca de 15% do PIB. O “combate à corrupção”, portanto, antes de corrigir as distorções e os mal feitos no setor público e nas empresas, volta-se contra o país, a economia e os empregos.


LEIA MAIS:

Lava Jato atinge indústria nacional e promove desemprego

PT ampliou a transparência pública e o combate à corrupção

Leia também