Líder se solidariza com senadora Ana Rita por mentira de blogue

:: Da redação16 de maio de 2013 20:48

Líder se solidariza com senadora Ana Rita por mentira de blogue

:: Da redação16 de maio de 2013

Durante a votação da Medida Provisória dos Portos (MP 595/2012) no Senado, o líder do PT e do Bloco de Apoio ao Governo, Wellington Dias (PI), tomou o microfone para prestar solidariedade à senadora Ana Rita (PT-ES), a quem está sendo atribuída a autoria de um projeto que garante uma bolsa de R$ 2.000 para garotas de programa. Wellington demonstrou preocupação com a repercussão do assunto em diversos veículos da imprensa, sem que houvesse um mínimo de verificação sobre a veracidade da informação, como manda as boas práticas do jornalismo.

“Isso mostra a importância de cuidarmos dessa comunicação eletrônica. É impossível que uma situação como essa possa ser colocada para qualquer Senador. Trata-se de uma ação criminosa de um site que já está sendo investigado pela Polícia do Senado Federal e pela Polícia Federal”, afirmou o senador.

Originalmente, a estória sobre o Bolsa Prostituição foi publicado no blog do jornalista Joselito Müller. Com a repercussão nas redes sociais, a falácia logo ganhou status de notícia e começou a ser repercutida em diversos meios de comunicação. Razão pela qual a senadora Ana Rita publicou, em sua página na internet, uma nota de esclarecimento em que diz taxativamente que a informação é “falsa”. E que além dela jamais ter proposto benefícios ou ajudas financeiras a garotas de programa, “nunca tramitou no Senado” um projeto com esta finalidade”.

A senadora petista ainda informou que vai tomar todas as providências para que este tipo de atitude, que só pretende manchar a imagem de figuras públicas, não fique impune.

Confira a íntegra da nota de esclarecimento de Ana Rita
O mandato da senadora Ana Rita (PT-ES), presidenta da Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa do Senado, esclarece que a matéria publicada no blog de nome Joselito Muller é falsa. O referido projeto não é de sua autoria, além de nunca ter tramitado no Senado Federal. Informamos, ainda, que a senadora já está tomando as devidas providências junto à Procuradoria Geral do Senado, a Polícia do Senado e à Polícia Federal.

 

Em caso de dúvidas, solicitamos acesso à relação dos Projetos de Lei apresentados pela senadora, conforme consta no link

Mais informações podem ser obtidas no site www.anarita.com.br

Leia também