Líder sindical dos EUA diz que só união global defende os trabalhadores

:: Da redação27 de agosto de 2012 15:26

Líder sindical dos EUA diz que só união global defende os trabalhadores

:: Da redação27 de agosto de 2012

Bob King, presidente de um dos maiores e mais antigos sindicatos dos Estados Unidos – a  United Auto Workers (UAW) – conversou com o portal do Congresso em Foco, um dos sites de maior prestígio na cobertura de assuntos políticos. King trata do novo modelo de relações entre trabalhadores e patrões e avalia que a nova realidade econômica mundial precariza as relações de trabalho. “Só a união mundial dos sindicatos pode resolver o problema”, afirma, na entrevista ao portal.

 

Sua maior preocupação, no momento, é a baixa adesão dos trabalhadores junto a organizações sindicais. O novo modelo de trabalho, segundo ele, dominado pelos mecanismos da economia globalizada e com crescente participação do trabalho virtual – que não vincula nem fisicamente nem legalmente o trabalhador à empresa – ameaça os direitos dos trabalhadores. Paulatinamente, acrescenta, a nova realidade econômica começa a inviabilizar a produção nos lugares onde a situação dos trabalhadores apresenta-se melhor, sendo intensa a pressão para que essas condições não perdurem – e piorem.  “A disputa é predatória. Todos perdem”, resume King.

Ainda segundo ele, esse panorama danoso às condições de vida e de sobrevivência dos trabalhadores só poderá ser revertido se houver a união global dos sindicatos. Em sua projeção, as garantias somente poderão ser conquistadas se os sindicatos se tornarem mais fortes e organizados.

Leia a íntegra da entrevista com Bob King ao Congresso em Foco clicando aqui

Fonte: Congresso em Foco

Leia também