Lula diz a senadores que saúde precisa de mais recursos

Ex-presidente defendeu a realização de debate, ainda neste ano, sobre sobre novas fontes de financiamento para a saúde, não deixando a discussão do tema para 2012, ano de eleições.

:: Da redação2 de dezembro de 2011 11:28

Lula diz a senadores que saúde precisa de mais recursos

:: Da redação2 de dezembro de 2011

O Líder do PT e do Bloco de Apoio ao Governo, Humberto Costa, e o senador Jorge Viana (PT-AC), visitaram ontem (1º/12) o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que faz tratamento contra o câncer e se recupera em sua residência em São Bernardo do Campo (SP).
Ex-ministro da Saúde e relator da Emenda 29, Humberto discutiu com o ex-presidente a necessidade de definir novas fontes de recursos para a Saúde. “Lula sabe que o problema da Saúde não é gestão, mas a falta de verba. Ele se mostrou bastante preocupado com a questão. Na opinião de Lula, o debate sobre novas fontes de financiamento para a Saúde deveria ter sido feita esse ano. No ano que vem, a questão fica difícil de ser debatida por conta das eleições”, relata o petista.
Viana revelou que Lula disse que os políticos devem olhar mais para as pessoas doentes. Também afirmou que o Sistema Único de Saúde é bom, tem de ser defendido e precisa de aperfeiçoamentos.
Segundo o senador acreano, o ex-presidente está enfrentando o tratamento contra o câncer com fé e confiança e continua a dar atenção a todos os assuntos políticos, inclusive o novo Código Florestal, que espera ser aprovado pelo Senado.

Campanha – Segundo Humberto, Lula pretende participar da campanha eleitoral do ano que vem e vai ajudar o PT onde for necessário. “Ele ainda está em processo de recuperação, mas quer contribuir. Disse que vai estar disponível para debater, inclusive a temática do Recife. Ele quer ajudar a encontrar um denominador comum”, afirmou o senador.

Câncer – No final de outubro, o ex-presidente Lula teve diagnosticado um tumor maligno na laringe, que está sendo tratado com quimioterapia. De acordo com a equipe médica, o tumor pertence ao tipo mais comum e pode ser considerado como de agressividade média.

Em relato, Viana disse que Lula está “animado, otimista e dá, mais uma vez, uma lição de vida a todos os brasileiros”. “Quero dizer a todos que Lula está muito bem. Fui lá, junto com o líder Humberto Costa, para levar apoio, e quem saiu energizado fomos nós. Tivemos uma aula de vida”, acrescentou. “Lula está otimista. Os médicos também. Eles acreditam que o tratamento resultará na cura definitiva da doença. Apesar de ter dito que em alguns dias se sente enjoado por conta da quimioterapia, o ex-presidente estava animado. Falou de política o tempo inteiro”, completou Humberto.

Com assessorias de Imprensa

Leia também