Depoimento

Lula diz que crime foi provar que este País pode dar certo

Ex-presidente focou relações entre Judiciário e imprensa em suas declarações à Justiça
:: Brasil de Fato11 de maio de 2017 09:22

Lula diz que crime foi provar que este País pode dar certo

:: Brasil de Fato11 de maio de 2017

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou em seu interrogatório à Justiça Federal em Curitiba (PR), na tarde desta quarta-feira (10), que “este cidadão cometeu o crime de provar que este país pode dar certo”, em referência a si mesmo. A declaração foi dada nas considerações finais de Lula, momento em que pode apresentar uma visão mais política do processo em que é réu. O ex-presidente focou sua fala nas relações entre Justiça e imprensa, elemento defendido pelo juiz de primeira instância Sergio Moro em artigos acadêmicos.

Interrompido diversas vezes por Moro, que o questionava em relação à pertinência do tema, Lula foi enfático: “A imprensa é o principal julgador disso!”.

O petista aproveitou para criticar a gravação e os vazamentos ilegais de suas conversas telefônicas, bem como sua condução coercitiva sem intimação prévia.

Confira a transcrição das considerações finais

Confira a seguir o depoimento dividido em 10 vídeos e o Termo da Audiência aqui:

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

Leia também