Lula diz que sua experiência sindical tornou-o uma pessoa melhor

:: Da redação17 de maio de 2013 18:18

Lula diz que sua experiência sindical tornou-o uma pessoa melhor

:: Da redação17 de maio de 2013

Ex-presidente inaugura universidade de trabalhadores em Buenos Aires com Cristina Kirchner 

Lula entrega à Cristina Kirchner o livro
“10 anos de governos pós-neoliberais
no Brasil – Lula e Dilma”

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva participou na noite desta quinta-feira (16), junto com a presidenta argentina, Cristina Kirchner, da inauguração da Universidade Metropolitana para a Educação e o Trabalho (UMET). A universidade foi criada pelo sindicato de trabalhadores em prédios e condomínios da Argentina.

Em seu discurso, Lula lembrou seus tempos de sindicato e disse que lá se tornou “uma pessoa melhor”. Ele ressaltou que a luta sindical é muito mais que defender direitos e salários e que investir em educação é uma forma de alavancar o crescimento dos trabalhadores.

Lula também lembrou as políticas educacionais dos governos dele e da presidenta Dilma, quando foram construídas 14 universidades federais e 290 escolas técnicas. “A inauguração da UMET tem um significado muito simbólico para a classe trabalhadora”, disse.

Durante o evento Lula presenteou Cristina com o livro organizado por Emir Sader sobre os dez anos de governos pós-neoliberais no Brasil. Após sua fala, ele e a presidenta Cristina Kirchner, que se referiu a Lula como “o melhor amigo da Argentina”, descerraram a placa da universidade.

Kirchner lembrou que a história das universidades de trabalhadores na Argentina remete aos anos 50 e que de lá pra cá muito foi feito. Ressaltou que, em seu governo, foram inauguradas nove universidades. Ela contou também que está escrevendo um livro para contar a história dos últimos dez anos, que chama de “a década ganha”.

Víctor Santa María, secretário-geral do sindicato, fez um discurso emocionado lembrando que sua mãe é dona de casa e seu pai foi zelador durante toda sua vida e, por isso, inaugurar um local de formação para os trabalhadores significa muito para ele. Ele ressaltou que deseja que a universidade não seja apenas um lugar de aprendizado, mas também de apoio e convivência para os trabalhadores e seus filhos.

A universidade começou a funcionar em abril oferecendo aulas em quatro cursos: políticas públicas e governo, Turismo e Esportes, Tecnologias Aplicadas e Desenvolvimento e Gestão das Organizações.

Com informações das agências de notícias

Veja o discurso do ex-presidente Lula

{youtube}EEp2qbBNXnY{/youtube}

Leia também