Defesa da Nação

Lula: é preciso discutir a soberania com muita força

Lula destacou que "a política dos golpistas para a Petrobras é um atentando contra a soberania nacional", que compromete o futuro do Brasil
:: Fernando Rosa1 de agosto de 2017 16:47

Lula: é preciso discutir a soberania com muita força

:: Fernando Rosa1 de agosto de 2017

“O Brasil precisa discutir a soberania com muita força”, defendeu o presidente Lula em entrevista ao deputado federal Wadih Damous (PT-RJ), transmitida pelo perfil do facebook do parlamentar, nesta terça-feira. Lula destacou que “a política dos golpistas para a Petrobras é um atentando contra a soberania nacional”, que compromete o futuro do Brasil. Ainda, segundo o presidente, “é preciso discutir a nossa relação com os vizinhos, com a Amazônia, com a África”.

Antes de “pertencer” a um governo, a Petrobras é um patrimônio do povo brasileiro disse Lula. “Tenho orgulho do pré-sal ter sido descoberto em meu governo, de ter feito a maior capitalização da história da empresa, de ter ampliado os investimentos”. A Petrobras não é só petróleo, define Lula, “é mola propulsora da criação de uma política industrial para o país”. “O pré-sal é a maior descoberta de petróleo deste século, quem sabe a última”, diz ele, pregando a mobilização contra a privatização da empresa.

Para Lula, o Brasil voltou a ser um país governado para 30% da população. “O Brasil retornou ao Mapa de Fome da ONU; o pobre está pagando a conta da crise econômica”, disse. O complexo de vira-latas também está voltando, com a obediência aos países centrais, especialmente aos EUA, continuou ele. Para Lula, “se continuar do jeito que está, o governo pode aguentar, mas o povo não tem condições”. “O Brasil pode mudar na medida em que tenha um governo com coragem, que acredite no povo, que lhes dê condições trabalhar”, sentenciou.

Leia também