Lula: “podemos enfrentar qualquer debate”

:: Da redação1 de março de 2013 18:31

Lula: “podemos enfrentar qualquer debate”

:: Da redação1 de março de 2013

“Não há debate que não possa ser enfrentado pelo atual Governo”. Assim atestou o ex-presidente Lula, durante o primeiro seminário regional sobre os 10 anos de governo petista, realizado em Fortaleza na noite dessa quinta-feira (28). Focado no tema “Políticas de bem-estar, direitos humanos e o desafio da inclusão social”, o encontro inaugurou uma série temática que vai passar por várias cidades brasileiras. Lula disse que, com a experiência acumulada nesses anos o Governo Democrático e Popular está pronto para enfrentar discussões.

Em sua palestra, Lula abordou o tema
 “Políticas de bem-estar, direitos humanos
e o desafio da inclusão social”

A resposta está nos números que mostram os avanços sociais conquistados pelos trabalhadores em função da política de inclusão implementada desde 2003. Para exemplificar, Lula ressaltou que o Programa Luz para Todos já chegou a 14 milhões de famílias. “Colocar luz na casa de uma pessoa é transferi-la do século 18 para o século 21 em 1 segundo”, ressaltou. Lula destacou ainda que o papel do Estado nesse processo de inclusão foi fundamental. “As empresas privadas são muito eficientes quando o cliente pode pagar, mas quando o cliente é pobre quem tem que atender é o Estado”, disse. O ex-presidente fez questão de mostrar que a chegada da energia elétrica na casa das pessoas não melhorou apenas a vida dessas famílias, mas gerou uma movimentação na economia uma vez que, com a luz elétrica, chegou também a demanda por eletrodomésticos, especialmente os da linha branca.

Antes de Lula, falaram os presidentes do PT, Rui Falcão e de partidos aliados. Em seguida, a ministra do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Tereza Campello apresentou vários dados sobre as políticas de combate e superação da miséria. O presidente da Fundação Perseu Abramo, Marcio Pochmann, também participou do painel. Rui Falcão falou da importância de lembrar os avanços do Brasil nos últimos dez anos. O governador do Ceará, Cid Gomes, começou seu discurso se referindo ao ex-presidente Lula como “o maior e melhor presidente que esse País já teve”. Ele ressaltou que em seus 14 anos de vida pública ocupando cargos sempre esteve ao lado do PT.

O infografista Ilustre Bob contou, em imagens, um pouco da história que criou um ciclo virtuoso na economia brasileira: quando cresce a renda da população, cresce também o consumo, a produção e o emprego. Você cresce, o País cresce junto. 

Os números provam que este é outro País
Tereza Campello ressaltou que teve que fazer escolhas sobre o que mostrar em sua apresentação já que os programas e avanços desses dez anos foram muitos. “Esse é outro País e nós temos como provar isso”, defendeu. “Para que o povo fosse incluído nesse país, tivemos que ter decisão política, não foi naturalmente”, acrescentou.

A ministra escolheu quatro pontos principais que, para ela, resumem a mudança que aconteceu no último decênio: a primeira dessas grandes

terezacampellofortaleza

  “Nunca tratamos a superação da pobreza
  apenas como uma questão de renda”

decisões foi a geração de empregos – mais de 19 milhões de vagas formais foram criadas nesses dez anos. O aumento permanente e sistemático do salário mínimo – 72% de aumento real no período – foi o segundo pilar apresentado pela ministra. O fortalecimento da agricultura familiar, com a valorização do trabalhador do campo foi outro ponto importante. E, por fim, a ministra ressaltou a importância crucial dos programas de transferência de renda.

Sobre a superação da extrema pobreza, a ministra ressaltou que diversas ações são necessárias para enfrentar o problema. “Nós nunca tratamos a superação da pobreza no Brasil apenas como uma questão de renda”, afirmou. O cadastro único permite não apenas a transferência de renda, mas controle de escolaridade, vacinação, acompanhamento médico de gestantes, oferta de cursos de formação, entre outras coisas.

mais_brasil

Com informações do PT Nacional e do Instituto Lula

 

Leia mais:
Viana aponta os avanços sociais e políticos dos dez anos do PT

Wellington: “nesses dez anos de governos do PT, um novo Brasil nasceu”
 

Lindbergh ressalta que governo do PT é feito para o povo

Leia também