Lula rebate “Veja Brasília” por notícia sobre festa de falso sobrinho

Instituto Lula repudia publicação mentirosa da “Editora Abril” sobre aniversário de suposto sobrinho do ex-presidente.

O Instituto Lula divulgou, nesta quinta-feira (19), nota para desmentir notícia falsa publicada pela revista “Veja Brasília”. Na edição do dia 12 de fevereiro, a publicação da “Editora Abril” afirmou que o ex-presidente Lula teria bancado financeiramente uma festa no valor de R$ 220 mil para um suposto sobrinho de três anos, em Brasília.

:: Da redação20 de fevereiro de 2015 14:47

Lula rebate “Veja Brasília” por notícia sobre festa de falso sobrinho

:: Da redação20 de fevereiro de 2015

Em nota, o Instituto Lula repudiou a publicação e afirmou que o ex-presidente não tem nenhum sobrinho que se chama Thiago morando em Brasília. Além disso, o instituto lamentou o fato de a revista publicar, sem apurar, informações sem assinatura do responsável e que circulam pelo terreno livre da internet, demonstrando pouco ou nenhum respeito por seus leitores.

Leia a nota, na íntegra:

Veja Brasília publica mentira sobre Lula

Na semana passada, uma notícia falsa divulgada no Facebook, falava que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva havia morrido. Esta semana, outra mentira absurda, agora da revista Veja de Brasília, circula pelas redes sociais.

Em sua edição do último sábado, 14 de fevereiro, o jornalista Ulisses Campbell publicou nota onde afirma que Thiago, que seria sobrinho do ex-presidente Lula, terá uma festa de aniversário de três anos com custo de 220 mil reais e Ipads de presente para os convidados. Lula não tem nenhum sobrinho com este nome residindo em Brasília.

Lamentamos que a revista publique informações falsas sem sequer checar a informação e que perfis da internet, como os do blogueiro Felipe Neto, o da apócrifo Folha Política, e o do site Implicante, entre outras pessoas e veículos de boa e má fé, repliquem tal absurdo.

Apenas este ano já foram divulgados boatos sobre a volta do câncer do ex-presidente, a sua suposta morte e agora a festa de um falso sobrinho, entre outros casos de mentiras, boatos e mau jornalismo.

Repudiamos a divulgação reiterada de notícias falsas sobre o ex-presidente que tem acontecido por perfis apócrifos nas redes sociais ou por veículos jornalísticos pouco responsáveis com seus leitores.

Fonte: Assessoria do Instituto Lula com informações da Agência PT