#LulaLivre

Lula: “Somos da paz, mas se derem tapa a gente não vai aceitar”

Recebido por multidão no coração de Florianópolis, ex-presidente refuta a violência e diz que adversários precisam aprender a viver democraticamente
:: Agência PT de Notícias24 de março de 2018 22:42

Lula: “Somos da paz, mas se derem tapa a gente não vai aceitar”

:: Agência PT de Notícias24 de março de 2018

Aos gritos de “Lula Guerreiro, do povo brasileiro“, o ex-presidente teve recepção à altura dos 30ºC registrados no início da tarde deste sábado (24) no Largo da Alfândega, no coração de Florianópolis.  No local, milhares de pessoas o aguardavam para a segunda agenda no estado de Santa Catarina da caravana Lula pelo Brasil.

“Vocês se preparem que este ano vai ser um ano duro. Tem gente organizado como se fossem paramilitares. Eu queria dizer que a gente é da paz. É só olhar para a cara de vocês. Nós somos da paz, mas se derem um tapa na nossa cara a gente não vai virar do outro lado. A gente vai retribuir até eles aprenderem a viver democraticamente.”

Leia a matéria na íntegra.

Leia também