Mais de 1.800 cidades já têm acesso à banda larga popular

:: Da redação6 de setembro de 2012 14:27

Mais de 1.800 cidades já têm acesso à banda larga popular

:: Da redação6 de setembro de 2012

No Brasil, 1.842 cidades, em 25 estados e no Distrito Federal, já contam com a oferta de banda larga popular. A iniciativa, que oferece conexão rápida na velocidade de 1 megabit por segundo ao valor mensal de R$ 35 (com impostos), é resultado de uma parceria firmada entre o Ministério das Comunicações e as concessionárias de telefonia fixa. 

Para assegurar o cumprimento do acordo, que prevê o atendimento de todos os municípios brasileiros até 2014, o Ministério realiza um acompanhamento detalhado das ações desenvolvidas pelas empresas. Além de disponibilizar a banda larga popular, as empresas precisam divulgar o serviço, garantindo que o cidadão seja informado de que a oferta já existe em sua cidade.

Banda larga popular

O programa de Banda Larga Popular faz parte do conjunto de ações do Programa Nacional de Banda Larga (PNBL). Entre as medidas, o PNBL inclui também redução de impostos, incentivos para construção de infraestrutura de Telecom, modernização da legislação e construção de um satélite geoestacionário, entre outras. 

Uma das ações do PNBL é a reativação da Telebras – empresa estatal que vende capacidade a pequenos e médios provedores. Com isso, o ministério terá mais chances de levar internet aos lugares mais distantes do País. 

Com a expansão da cobertura do serviço, é possível aumentar a velocidade da internet e ter redução do preço no serviço ofertado. O PNBL visa criar oportunidades, acelerar o desenvolvimento econômico e social, promover a inclusão digital, reduzir as desigualdades social e regional, promover a geração de emprego e renda, ampliar os serviços de governo eletrônico e facilitar aos cidadãos o uso dos serviços do Estado, promover a capacitação da população para o uso das tecnologias de informação e aumentar a autonomia tecnológica e a competitividade brasileiras.

Saiba quais são as cidades que já possuem o acesso ao Programa. 


Leia também