Lei Trabalhista

Mais de 80% dos trabalhadores rejeitam reforma, segundo pesquisa

De acordo com CUT/Vox Populi, 81% dos trabalhadores são contrários a nova lei trabalhista
:: CUT9 de novembro de 2017 10:04

Mais de 80% dos trabalhadores rejeitam reforma, segundo pesquisa

:: CUT9 de novembro de 2017

Pesquisa CUT/Vox Populi realizada entre os dias 27 e 31 de outubro mostra que 81% dos trabalhadores brasileiros desaprovam a nova Lei Trabalhista que entra em vigor no próximo sábado (11). Somente 6% dos entrevistados aprovam as mudanças, 5% não aprovam nem desaprovam e 8% não sabem ou não responderam.

O maior índice de rejeição às novas regras trabalhistas, encaminhada por Temer e aprovada pelo Congresso Nacional, foi registrado na região Sudeste (89,%). Na região Nordeste, a rejeição às mudanças é de 81%; nas regiões Centro-Oeste e Norte o índice registrado foi de 78%; e, no Sul, 60%.

“Quanto mais se informam sobre a reforma, mais os trabalhadores rejeitam as mudanças na CLT que o empresariado mais conservador e ganancioso mandou Temer encaminhar para aprovação no Congresso”, diz o presidente da CUT, Vagner Freitas.

Confira a íntegra da matéria

 

 

Leia também