Marta: “Brasil faz o melhor na redução de desigualdades”

Bons resultados são o resultado de um “esforço gigantesco do presidente Lula, que, em sua gestão acelerou a redução da diferença entre pobres e ricos.

 

:: Da redação13 de março de 2012 19:24

Marta: “Brasil faz o melhor na redução de desigualdades”

:: Da redação13 de março de 2012

 

O Brasil se destaca, entre os países emergentes, como o que tem feito o melhor trabalho na redução das desigualdades sociais. Dados da Fundação Getúlio Vargas (FGV), divulgados na semana que passou demonstram que  o País alcançou o menor nível de desigualdade econômica e social de sua história. Segundo a senadora Marta Suplicy (PT-SP) esses bons resultados são o resultado de um “esforço gigantesco do presidente Lula, que, em sua gestão, começou a acelerar o processo de redução da diferença entre pobres e ricos”.

A senadora ressaltou que na última década houve uma evolução considerada notável do desnível econômico e social entre a população brasileira. “Nesse período, o percentual de pobres na população brasileira caiu drasticamente, de 27%, em 2002, para 13%, em 2010”, disse. E comemorou: “De 27% para 13% é realmente uma coisa fantástica”.

Marta lembrou que essa queda ocorreu em um ritmo três vezes mais rápido que o previsto nas Metas do Milênio da ONU. “O Brasil cumpriu em 8 anos o previsto para ser cumprido em 25 anos. Realmente isso é mérito do Presidente Lula, que iniciou esse processo que continua com a Presidenta Dilma” disse. Ela também destacou o crescimento da renda da classe média no período que, segundo os dados da FGV, cresceu 23% nos últimos dez anos.

Outro dado comemorado pela senadora paulista foi a redução das desigualdades regionais. Segundo ela, a “dicotomia simplista” de Estados pobres versus Estados ricos está ultrapassada.

Mas alertou para a necessidade de o Congresso discutir e construir um novo pacto federativo e abordar questões como a distribuição dos recursos do Fundo de Participação dos Estados (FPE), a guerra dos portos e o endividamento de estados e municípios.“Acredito ser um grande privilégio para o Congresso poder protagonizar a construção do novo pacto federativo. O desafio é muito grande, mas nós estamos capacitados a vencê-lo. Para isso, precisamos enfrentar de frente, sem receio do diálogo e, por que não dizer, do bom combate, de sentarmos juntos para podermos encarar esse pacto federativo.
Acho que esse é o maior desafio desta Legislatura. Vamos enfrentá-lo”, conclamou.

Confira a íntegra do pronunciamento da senadora Marta Suplicy

https://ptnosenado.org.br/marta-suplicy/pronunciamentos/15435-marta-brasil-faz-o-melhor-trabalho-na-reducao-de-desigualdades

Leia também