Marta comemora aniversário da Belas Artes de SP

Marta lembrou a influência da academia na história da cultura de São Paulo

:: Da redação22 de setembro de 2011 21:00

Marta comemora aniversário da Belas Artes de SP

:: Da redação22 de setembro de 2011

Os 86 anos do Centro Universitário Belas Artes de São Paulo foram celebrados no Plenário do Senado Federal na tarde desta quinta-feira (22/09). A homenagem foi proposta pela vice-presidente da Casa, senadora Marta Suplicy (PT-SP), que destacou a tradição da instituição de participar dos debates das grandes questões nacionais, sobretudo nas artes, mas também nas questões sociais.

Inaugurada em 23 de setembro de 1925, a Academia de Belas Artes de São Paulo, hoje denominada de Centro Universitário, representa uma das principais instituições de ensino superior privado de artes e design do País.

Desde a sua fundação, por iniciativa de Pedro Augusto Gomes Cardim, a academia esteve diretamente relacionada com a cena cultural paulista do último século. Em sua inauguração estiveram presentes Mario de Andrade e Menotti Del Picchia, líderes da Semana de Arte Moderna, ocorrida três anos antes, e considerada um marco na virada do pensamento cultural brasileiro.

Do primeiro Salão Paulista de Belas Artes, que a academia ajudou a promover, participaram artistas como Anita Malfati, Tarsila do Amaral e Alfredo Volpi. A instituição mantém uma biblioteca aberta à comunidade, com mais de 100 mil títulos no acervo, e o Museu de Belas Artes de São Paulo. Marta lembrou a influência da academia na história da cultura de São Paulo. O curso de Arquitetura da instituição foi o primeiro da capital paulista—lá estudou Benedito Calixto Neto, responsável pelo projeto da Basílica Nacional de Nossa Senhora Aparecida, em Aparecida do Norte (SP).

Coautor do requerimento de homenagem ao Belas Artes, o senador Cristovam Buarque (PDT-DF) registrou o reconhecimento da instituição como um centro de ensino de ponta no país. “O Ministério da Educação qualificou a Belas Artes como a instituição acima dos referenciais de qualidade na sua área de atuação. Aos alunos das Belas Artes hoje são oferecidos laboratórios, oficinas, ateliê, estudos, galerias, espaço de exposição, auditórios, biblioteca, áreas de convivência, em suma, as melhores condições que fazem feliz quem visita o seu campus, quem visita suas instalações – relatou.

O Centro Universitário de Belas Artes oferece atualmente 11 cursos de graduação superior e de pós-graduação, nas áreas de artes visuais, história da arte, arquitetura e urbanismo, cinema, vídeo e TV, cenografia e figurinos, comunicação e cultura de moda, design gráfico de interiores, moda e produtos e relações internacionais.

Para o reitor Paulo Antonio Gomes Cardim, a homenagem do Senado tornou ainda mais especial a comemoração pelos 86 anos da Academia de Belas Artes. Ele relembrou a história da escola, a implantação de cursos e as premiações recebidas pela instituição. E pediu que os senadores valorizassem a educação. “Investir em educação é a melhor forma de garantir o futuro do País”.

Também participaram da sessão de homenagem os senadores Sérgio Souza (PMDB-PR) e Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM) e as diretoras da instituição Maria Lúcia Gomes Cardim, Priscila Gomes Cardim Avena e Patrícia Gomes Cardim Anastasi.

Com Agência Senado

Ouça a entrevista da senadora Marta Suplicy

{play}images/stories/audio/marta_fgts.MP3{/play}

Clique com o botão direito para baixar o áudio

Viste o site do Centro Universitário Belas Artes


Leia também