MP dos Portos é estratégica para o País, diz Jorge Viana

:: Da redação22 de fevereiro de 2013 19:30

MP dos Portos é estratégica para o País, diz Jorge Viana

:: Da redação22 de fevereiro de 2013

 

“Essa medida provisória encaminhada pela
presidenta Dilma vem no sentido de dar
modernidade e eficiência para o setor”

Em entrevista concedida logo após a sessão plenária desta sexta-feira (22), o senador Jorge Viana (PT-AC), 1º vice-presidente do Senado, afirmou que apesar de a Medida Provisória (MP 595/2012) dos Portos ser considerada polêmica, porque mexerá em interesses diversos, a matéria é estratégica para o Brasil. “Essa medida provisória encaminhada pela presidenta Dilma vem no sentido de dar modernidade e eficiência para o setor”, disse Viana.

Perguntado sobre se a greve dos trabalhadores dos portos influenciará o encaminhamento da medida provisória, o senador observou que uma movimentação dos trabalhadores sempre tem de ser respeitada e levada em conta, tanto pelo Governo mas também por aqueles que apreciam a legislação. “Penso que o interesse nacional vai prevalecer. É normal que se ouça também as observações de quem trabalha, de quem lida nesse setor há muito tempo. Particularmente, ouvindo setores envolvidos, sou favorável que tenhamos a coragem de promovermos mudanças a favor do País, especialmente na área de logística”, salientou.

Segundo Viana, o País gasta bilhões ou perde bilhões de reais todos os anos pelo elevado custo da logística e as mudanças contidas na MP vão contribuir para que os produtos brasileiros fiquem mais competitivos no comércio internacional. “Uma medida do governo que mexe no funcionamento secular dos portos é normal que gere conflitos de interesse, mas penso que aí tem que ter mediação porque a área dos portos é estratégica. O custo Brasil inviabiliza a atividade produtiva e faz o País ficar menos competitivo. Isso vale para portos, rodovias, ferrovias, aeroportos”, disse.

Veja o texto da MP 595/2012 

Marcello Antunes

Foto: Agência Brasil

Leia mais:
Competitividade federativa – Por José Pimentel 

Pimentel garante diálogo sobre modernização dos portos

Leia também