MP que altera regras do Minha Casa, Minha Vida é enviada ao Senado

Pela nova regra, o imóvel financiado fica para a mulher em caso de separação, a não ser que o pai tenha guarda dos filhos.

:: Da redação20 de junho de 2012 14:31

MP que altera regras do Minha Casa, Minha Vida é enviada ao Senado

:: Da redação20 de junho de 2012

A Medida Provisória (MP) 561/12 que altera regras do Programa Minha Casa, Minha Vida foi aprovada nessa terça-feira (19/06) pela Câmara dos Deputados. A MP, que  transfere a propriedade de imóveis financiados pelo programa para a mulher em caso de separação será encaminhada agora à apreciação do Senado Federal.

O texto prevê que a prioridade para a mulher no Programa Minha Casa, Minha Vida vale somente para os imóveis adquiridos durante o casamento ou união estável. Se o casal tiver filhos e eles ficarem sob a guarda do pai após a separação, o imóvel ficará com o homem.

A medida também concede parcelamentos de dívidas de estados e municípios relativas a PIS/Pasep vencidas até 31 de dezembro de 2008. O parcelamento será em até 180 meses, com redução de 100% das multas de mora e de ofício e dos encargos legais, de 40% das multas isoladas e de 45 % dos juros de mora.

A MP permite ainda que mulheres com qualquer faixa de renda ingressem no Programa Minha Casa, Minha Vida sem a necessidade de assinatura dos maridos.

MPs

Duas outras MPs com prazo vencido já trancam a pauta do plenário do Senado. A Medida Provisória 559/12 autoriza a Eletrobras a assumir o controle acionário da Celg, companhia de distribuição de energia de Goiás. E amplia a todas as obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) do Regime Diferenciado de Contratações (RDC), criado para agilizar as obras da Copa do Mundo 2014 e das Olimpíadas de 2016.

A segunda MP na pauta do Senado, MP 560/2012, concede crédito extraordinário de R$ 40 milhões ao Ministério da Defesa para trabalhos de remoção dos escombros da Estação Antártica Comandante Ferraz. A estação foi destruída por um incêndio em fevereiro deste ano.

Com informações da Agência Brasil 

Leia mais:

Pauta do plenário do Senado está trancada por duas MPs

Leia mais:

Uso de banda larga móvel dobra no Brasil, segundo pesquisa

Brasil tem 247,2 mi de celulares; acesso a internet móvel soma 47 milhões