Previdência Social

MPF pede suspensão da campanha sobre reforma

Publicidade oficial é para dar informações ao público, não fazer "campanha de persuasão"
:: Rede Brasil Atual19 de dezembro de 2017 10:03

MPF pede suspensão da campanha sobre reforma

:: Rede Brasil Atual19 de dezembro de 2017

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, entrou na última segunda-feira (18) no Supremo Tribunal Federal (STF) com ação direta de inconstitucionalidade (ADI) contra a propaganda do governo sobre a “reforma” da Previdência Social.

Segundo o Ministério Público Federal (MPF), a publicidade oficial deve voltar-se para a informação e não para convencimento da população sobre um programa de governo, ainda mais em uma questão controversa como a da PEC 287.

“A publicidade em favor de uma medida notoriamente controvertida é substancialmente distinta de uma publicidade em favor da conscientização da população sobre a necessidade de cuidados, por exemplo, para evitar a proliferação do mosquito da dengue”, argumenta a Procuradoria, para quem o governo faz “campanha de persuasão”.

Confira a íntegra da matéria

Leia também