Nota da Bancada do PT no Senado sobre o anúncio do fechamento de unidades e demissões pelo Banco do Brasil

:: Da redação15 de janeiro de 2021 11:08

Nota da Bancada do PT no Senado sobre o anúncio do fechamento de unidades e demissões pelo Banco do Brasil

:: Da redação15 de janeiro de 2021

O anúncio do fechamento de 361 unidades do Banco do Brasil e de abertura de um programa de demissão de 5 mil trabalhadores representa uma medida irresponsável e contrária aos interesses da sociedade brasileira.
Vai impactar negativamente na economia brasileira e aprofundar a crise que atinge a vida do povo. Segundo dados do IBGE, a economia brasileira tem mais de 14 milhões de desempregados, ainda não tendo recuperado o patamar de produção anterior à pandemia.
O Banco do Brasil é um importante instrumento de desenvolvimento da economia, constituindo um banco público que viabiliza crédito para os setores produtivos como agricultura, indústria e comércio, e também para as pessoas físicas, com mais de 73 milhões de contas. Pequenos e médios municípios pelo país contam com unidades do banco como referência financeira para a movimentação de suas economias locais.
Diante do quadro atual, é fundamental que seja revista a decisão do Banco do Brasil, de modo a não reforçar expectativas negativas sobre a economia brasileira, aprofundando a piora econômica e social em curso.
A Bancada do PT no Senado Federal defende a reversão imediata da medida anunciada pelo Banco do Brasil, de modo a preservar empregos e a renda do trabalho. As medidas de austeridade, privatização e enxugamento das estruturas públicas em meio à crise apenas contribuem para um círculo vicioso que resulta em piora dos serviços públicos e redução do emprego, da renda e do bem-estar, afastando o Estado brasileiro da realização do interesse público e das demandas da sociedade por um Estado mais justo e comprometido com a solução dos problemas econômicos e sociais.

Rogério Carvalho – líder do PT no Senado.