Greve dos caminhoneiros

Nota do PT: Repressão militar não resolverá a crise do Brasil

Comissão Executiva do PT vê no uso das Forcas Armadas contra caminhoneiros mais um sintoma do caráter autoritário de um governo ilegítimo e impopular
:: Agência PT de Notícias25 de maio de 2018 22:54

Nota do PT: Repressão militar não resolverá a crise do Brasil

:: Agência PT de Notícias25 de maio de 2018

Sem qualquer autoridade política e incapaz de construir soluções pelo diálogo, o governo golpistarecorre novamente às Forças Armadas, convocadas desta vez para reprimir, militarmente, os piquetes de caminhoneiros e do povo nas estradas e vias públicas do país. E pela primeira vez o decreto de utilização das Forças se estende a todo o território nacional.

O recurso contumaz às Forças Armadas é um sintoma do caráter autoritário e fraco de um governo rejeitado por quase 100% da população.

Partido dos Trabalhadores vem alertando para os riscos de manipulação política da crise dos combustíveis, de resto agravada pelo noticiário alarmista da Rede Globo. A entrada em cena das Forças Armadas reforça o discurso dos aventureiros e dos fascistas.

O acordo anunciado ontem não só preserva uma política abusiva como a subsidia com dinheiro público. Dinheiro que poderia ser investido na Saúde e Educação do sofrido povo.

A reivindicação dos caminhoneiros de redução do preço do diesel é justa, assim como é necessária a redução do preço da gasolina e do gás de cozinha.

O PT mostrou em seus governos que é possível ter uma política justa de preços dos combustíveis. Fizemos reajustes em ciclos longos, equilibrando os interesses da Petrobras com os interesses maiores do povo e da nação.

A Petrobras deve ter lucro mas, sobretudo, deve servir ao país, tornando-se  instrumento  de desenvolvimento nacional e de financiamento da Educação.

Temos de rever inteiramente a lógica privatista e antissocial da Petrobras e desse governo golpista, que retira direitos do povo e ataca vergonhosamente nossa soberania nacional, ao mesmo tempo em que serve, de forma subserviente, aos interesses do grande capital, especialmente do capital estrangeiro.

Apresentaremos ao Congresso Nacional proposta de orientação para política de preços da Petrobras para os combustíveis, bem como o aumento da contribuição sobre lucros dos bancos e a reversão das isenções tributária que foram dadas ano passado as grandes multinacionais de petróleo. Medidas importantes e justas para compensar a desoneração de tributos sobre a gasolina, diesel e gás de cozinha.

O PT acredita no Brasil e no povo brasileiro!

Fora TemerLula lá!
Comissão Executiva Nacional do Partido dos Trabalhadores

Temer em desespero apela pra força

Temer anuncia uso de tropas federais para desbloquear estradas. Prefere o uso da força do que rever a política de preços que tem como único objetivo engordar cofres de acionistas e multinacionais. Medida desesperada de quem é refém da banca de agiotas do sistema financeiro. Pra piorar, o "acordo" patrocinado por Temer com os empresários não durou 24h. O governo negociou com quem não dirige a paralisação. Salvou os lucros, ignorou o custo de vida dos trabalhadores. E agora apela, desmoralizado que foi.

Publicado por Lindbergh Farias em Sexta, 25 de maio de 2018

Leia também