Jornalismo de guerra

Nota Oficial: revista IstoÉ publica seu epitáfio editorial na capa

Matéria traduz de forma grotesca o desespero do governo golpista diante da última pesquisa do CNT/MDA que deu a Lula a vitória eleitoral
:: Da redação18 de fevereiro de 2017 15:41

Nota Oficial: revista IstoÉ publica seu epitáfio editorial na capa

:: Da redação18 de fevereiro de 2017

A Bancada do PT no Senado divulgou Nota Oficial neste sábado sobre matéria de capa da revista IstoÉ. Sob o título de “ISTOÉ publica seu epitáfio editorial na capa”, os senadores petistas criticaram a edição que tenta mais uma vez envolver o presidente Lula na operação Lava Jato. “Com esta capa, a revista IstoÉ traduz de forma grotesca o desespero do governo golpista e seus mentores e apoiadores diante da última pesquisa do CNT/MDA, que deu a Lula a vitória eleitoral em todos os cenários”, afirma na nota. Leia abaixo a íntegra.

Nota da Bancada: IstoÉ publica seu epitáfio editorial na capa

Em sua capa deste final de semana a revista IstoÉ traz mais uma matéria tentando envolver o presidente Lula na Operação Lava Jato. Desta vez, o “furo” de reportagem tem como fonte um alucinado cidadão que não resiste a uma pesquisa nas redes sociais. “Sócio de um ex-acionista da Camargo Correa” – morto há cinco anos (!), Davincci Lourenço de Almeida é um “ativista” da intervenção militar e “autor” de outras denúncias também sem pé nem cabeça (vejam os vídeos no Youtube).

A matéria da IstoÉ, inventada, e sem qualquer prova, atropela as mínimas regras do jornalismo, mas principalmente ultrapassa todos os limites da honestidade. Mais do que acusar Lula, a capa da IstoÉ é um definitivo epitáfio na lápide da publicação que insiste em atacar o PT para facilitar a destruição do Estado nacional e a entrega do país aos interesses externos. Não por acaso, a revista Isto É foi a maior beneficiada com os aumentos proporcionais de verbas governamentais – 340% desde que Michel Temer assumiu.

Com esta capa, a revista IstoÉ traduz de forma grotesca o desespero do governo golpista e seus mentores e apoiadores diante da última pesquisa do CNT/MDA, que deu a Lula a vitória eleitoral em todos os cenários. Alvo número 1 do golpe, Lula provoca a ira dos lacaios entreguistas, mas também o reconhecimento e a solidariedade do povo, como mostram os números da pesquisa. Enquanto Lula, o PT e nós senadores do partido no Senado Federal resistimos e avançamos para resgatar a Nação do atoleiro golpista, às publicações como IstoÉ está reservada a lata de lixo da história.

Brasília, 18 de fevereiro de 2017.
Bancada do PT no Senado Federal.

Reprodução autorizada mediante citação do site PT no Senado

Leia também