O Brasil perdeu, acima de tudo, um intransigente defensor do interesse público

:: Da redação2 de dezembro de 2013 16:44

O Brasil perdeu, acima de tudo, um intransigente defensor do interesse público

:: Da redação2 de dezembro de 2013

Leia nota da Bancada do PT no Senado:

A Bancada do Partido dos Trabalhadores no Senado manifesta seu profundo pesar pela morte do ex-deputado e governador do estado de Sergipe, Marcelo Déda, de 53 anos, ocorrida às 4h45 desta segunda-feira (2) no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, onde Déda se encontrava internado no combate a um câncer que enfrentou nos últimos quatro anos.

Déda deixa para os brasileiros, e para os sergipanos em particular, o exemplo de ser humano íntegro e combativo, sem jamais perder o bom humor e o equilíbrio. Sem ele, os colegas do parlamento perdem um companheiro de todas as horas, com disposição permanente para a atividade política.

O Brasil perdeu, acima de tudo, um intransigente defensor do interesse público.

Déda também foi um petista histórico. Filiado ao partido desde os anos 80, elegeu-se primeiro como deputado estadual, foi duas vezes deputado federal, prefeito de Aracaju e exercia o segundo mandato de governador ao se afastar para enfrentar o câncer.

Os senadores do PT estendem à família sinceras condolências e solidariedade aos seus filhos Marcella, Yasmim, Luísa, João Marcelo e Mateus e a sua esposa Eliane. 

Senadores do PT

Leia também