Operações da Finep atingem R$ 1,1 bi no primeiro semestre

:: Da redação26 de julho de 2013 17:40

Operações da Finep atingem R$ 1,1 bi no primeiro semestre

:: Da redação26 de julho de 2013

Com um crescimento expressivo, de 185%, as contratações da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep) alcançaram R$ 1,143 bilhão no primeiro semestre deste ano em relação aos seis primeiros meses de 2012, enquanto que os desembolsos atingiram R$ 589,64 milhões, o que representa um crescimento de 60% em relação ao mesmo período do ano passado. Conforme o balanço de atividades divulgado, nesta sexta-feira (26), o setor de agroindústria recebeu o maior volume de recursos, respondendo por 14% das liberações, sendo que em 2012 este segmento ocupava a nona posição entre os setores com maior participação nas liberações da Finep.

Os principais setores apoiados foram: automotivo e transportes, eletroeletrônico, energia, farmacêutico e máquinas e equipamentos. Juntos, os seis maiores segmentos respondem por 67% do total desembolsado. De janeiro a julho, a Finep também ampliou os setores apoiados, incluindo áreas como o transporte aéreo de passageiros, para o qual não tinham sido feitos desembolsos no mesmo período do ano passado. Além disso, entre os setores já apoiados, houve crescimento significativo do segmento eletroeletrônico, da agroindústria e farmacêutico, que registraram alta de 589%, 343% e 165%, respectivamente.

Estes números mostram o alinhamento entre os desembolsos da Finep e as políticas públicas do governo federal, com aumento expressivo em segmentos considerados prioritários, como agroindústria e farmacêutico. A taxa média oferecida ao cliente foi reduzida, passando de 5,22% no primeiro semestre de 2012 para 4,83% no mesmo período de 2013, em linha com a política operacional da Finep de aumentar a atratividade dos investimentos em inovação para o setor empresarial.

Este crescimento foi alavancado pelo lançamento do programa Inovacred, que descentraliza as operações de crédito da Finep para bancos de desenvolvimento e agências de fomento com atuação local, de forma a facilitar o acesso ao crédito das microempresas e empresas de pequeno porte que desejam empreender atividades de inovação. As contratações do Inovacred somaram R$ 250 milhões até junho de 2013.

O tíquete médio das operações contratadas pela Finep também subiu: de R$ 18,2 milhões no primeiro semestre de 2012 para R$ 29,3 milhões no mesmo período de 2013. O setor eletroeletrônico lidera as contratações neste semestre, com um total de R$ 89 milhões em valor contratado.

Com informações da Finep e do Blog do Planalto

Leia também