Oposição se esquece do passado quando fala do rebaixamento

Viana e Suplicy lembram que atual nota é cinco vezes superior à do País durante governo do PSDB

:: Da redação27 de março de 2014 14:51

Oposição se esquece do passado quando fala do rebaixamento

:: Da redação27 de março de 2014

jorge_intenra1810

Viana: Brasil não tinha sequer grau de investimento

Os senadores Jorge Viana (PT-AC) e Eduardo Suplicy (PT-SP) lembraram, nesta quarta-feira (26), que, mesmo com o rebaixamento promovido pela agência Standard &Poor’s na nota de risco do Brasil, o patamar ainda é cinco vezes maior que na época dos governos tucanos.

“Nessa época, a nota do Brasil era B- e nem havia indicativo do grau de confiança porque o Brasil era considerado um país altamente especulativo”, lembrou Viana.

Para ele, o “rebaixamento” da nota de triple B (BBB) para BBB-, mantido o grau de investimentos no país recoloca o Brasil no mesmo patamar que ocupava em 2008 e que já era muito além do maior nível alcançado pelas gestões tucanas.

“Sinceramente, essa nota, esse rebaixamento da Standard & Poor’s não diminui o Brasil. A nossa nota, agora rebaixada, é pelo menos cinco vezes maior do que a do PSDB, que o Brasil tinha quando o PSDB governava este País”, reforçou.

Em aparte, Suplicy reiterou sua confiança na seriedade, determinação, assertividade e vontade de que todas as coisas sejam realizadas da forma mais transparente e correta da presidenta Dilma Rousseff e também na correta condução que a  presidenta da Petrobras, Graça Foster, dá à estatal.

Giselle Chassot

Leia também