Denúncia internacional

Sérgio Moro persegue líderes progressistas

Ex-chanceler brasileiro fala a jornal argentino que, se Lula for impedido de ser candidato, haverá consequências negativas para toda a América Latina
:: Da redação15 de janeiro de 2018 16:12

Sérgio Moro persegue líderes progressistas

:: Da redação15 de janeiro de 2018

Em entrevista ao jornal argentino Página 12, o ex-chanceler Celso Amorim afirmou que afastar Lula da eleição presidencial é uma forma de agressão à democracia não só no país, mas em toda a América Latina, gerando graves consequências para o continente.

“Eu não quero fazer simplificações, mas acho que o juiz Sérgio Moro e outros magistrados estão usando suas posições para perseguir líderes progressistas, eu entendo que isso também acontece na Argentina”, observou o ex-chanceler brasileiro ao jornal.

Leia a íntegra da matéria.

Leia também