Entrevista 247

Para Haddad, pauta moral serve para encobrir medidas antipovo

Candidato do PT nas Eleições de 2018, Fernando Haddad deu entrevista ao Vivo para TV 247 e ainda defendeu o diálogo e a disputa das instituições
:: Agência PT de Notícias13 de fevereiro de 2019 10:44

Para Haddad, pauta moral serve para encobrir medidas antipovo

:: Agência PT de Notícias13 de fevereiro de 2019

O ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddadparticipou de uma entrevista ao vivo na manhã desta terça-feira, com a TV 247, na qual falou por mais de 1h30 sobre temas como a tática do atual governo para impor medidas neoliberais, a necessidade de manter o diálogo com o campo de centro-esquerda e não abandonar as instituições, mas lutar por sua melhoria, além de reafirmar a ilegalidade da prisão de Lula.

“O neoliberalismo, em um país periférico e desigual como o Brasil, não sobrevive sem o complemento espiritual”, afirmou Haddad, explicando porque o atual governo precisa de uma pauta moral para mascarar suas medidas antipovo.

“Imagina chegar na TV e dizer que vai vender tudo, as empresas estatais, acabar com benefícios, diminuir a aposentadoria. Você vai dizer que existe marxismo cultural, que existe complô internacional. Uma agenda como essa não sobreviveria”, afirmou o ex-prefeito de São Paulo e candidato do PT nas Eleições de 2018.

“Essa agenda não sobreviveu nos tempos do FHC, Temer e Collor. Os três vieram com essa agenda econômica, cada um á sua maneira, e ela não sobrevive. Ele vem com essa agenda de maneira mais radical, para dizer que você vai ser pobre mas seu filho não vai ser gay”, complementou, referindo-se a Bolsonaro e a parcela de sua equipe que classifica como obscurantista, incluindo aí Damares Alves, Ricardo Vélez Rodríguez e Ricardo Salles.

Ele ainda destacou que “está se criando um ambiente onde o artista é perigoso, o cientista é perigoso, a ciência é tratada como sacrilégio. E os educadores são tratado como problema. Um país onde os inimigos públicos são esses, tudo está em risco”.

Leia a matéria na íntegra.

 

Leia também