Para sustentar projeto, Pinheiro visita emergência 911 nos EUA

:: Da redação21 de novembro de 2011 13:53

Para sustentar projeto, Pinheiro visita emergência 911 nos EUA

:: Da redação21 de novembro de 2011

O senador Walter Pinheiro (PT-BA) visitou, no sábado passado (19), o Centro de Emergências – 911 de Broward, na Flórida, nos EUA, em missão parlamentar destacada pela Comissão de Ciência e Tecnologia, Inovação, Comunicação e Informática (CCT) do Senado. O senador saiu bem impressionado da visita ao centro, que realiza cerca de 3,5 milhões de atendimentos, por ano, com serviços de polícia, bombeiros, assistência médica e defesa civil. Para ele, o modelo empregado na Flórida poderia ser aplicado no Brasil.

Durante a visita, Pinheiro acompanhou o atendimento ao vivo de um acidente de carro. Ele relata a experiência: “Começou com uma chamada telefônica; rapidamente, o centro identificou o local, deslocou viaturas e acionou outras providências. O tempo de resposta a um atendimento tem média de três a cinco minutos”, disse.

Um dia antes, o senador conheceu o Centro Integrado de Emergência Miami Date Police Department, também na Flórida. Maior do que o centro de Broward, o de Miami atende 32 cidades e atende uma população estimada em cinco milhões de pessoas.

Segundo o senador, a grande quantidade de números que o cidadão brasileiro precisa decorar dificulta o acesso a estes tipos de serviços emergenciais. “Além disso, o Brasil precisa aprimorar a atuação da defesa civil, que se torna muito mais eficiente quando estes serviços são integrados e coordenados por uma central como esta de Miami, baseada nas mais modernas tecnologias da informação e comunicação”, destacou.

Pinheiro observou que os centros 911 dos Estados Unidos atuam não apenas no atendimento, “mas principalmente na prevenção, inclusive com planos de contingência bem estruturados, e tem evitado mortes e prejuízos para seus cidadãos”. Este é um tema que vem sendo trabalhado por ele no Senado, inclusive na proposição de projetos de lei. Um deles, em tramitação, estabelece que parte dos recursos dos royalties do petróleo deve ser utilizado para prevenção de desastres naturais, além do atendimento às populações e áreas atingidas.

Também nos Estados Unidos, Pinheiro se reuniu com o vice-presidente da IBM, Guruduth Banavar, para conhecer os sistemas que a empresa utiliza nos Centros 911. O parlamentar tem dialogado constantemente com o governador Jaques Wagner e empresas internacionais com o objetivo de implantar na Bahia um centro similar aos norte-americanos. Na visita ao Miami Date Police Departament, também participaram o senador Cyro Miranda (PSDB-GO), o cônsul-adjunto, Fernando Arruda, e o representante dos brasileiros, Silair Almeida.

O senador Walter Pinheiro vem defendendo no Congresso a remodelagem e modernização dos atendimentos de emergência no Brasil. Segundo ele, a grande quantidade de números que o cidadão brasileiro precisa decorar dificulta o acesso a estes tipos de serviços emergenciais. “Além disso, o Brasil precisa aprimorar a atuação da defesa civil, que se torna muito mais eficiente quando estes serviços são integrados e coordenados por centros que integram serviços emergenciais, equipados com modernas tecnologias da informação e comunicação”, lembrou.

O tema é caro ao senador e integra várias propostas de projetos de lei. Uma delas, já em tramitação, por exemplo estabelece que parte dos recursos dos royalties do petróleo deve ser utilizada para prevenção de desastres naturais, além do atendimento às populações e áreas atingidas.

Pinheiro também se reuniu com o vice-presidente da IBM, Guruduth Banavar, para conhecer os sistemas que a empresa utiliza nos Centros 911. O parlamentar tem dialogado constantemente com o governador Jaques Wagner e empresas internacionais com o objetivo de implantar na Bahia um centro nos moldes dos norte-americanos.

(Com informações da Assesoria do Senador)

Leia mais
Proposta de Pinheiro quer unificar serviço de emergência

Leia também