Pinheiro comemora retomada de obras do metrô

Acordo garantiu também a transferência da gestão para o estado da Bahia.

:: Da redação11 de abril de 2013 18:53

Pinheiro comemora retomada de obras do metrô

:: Da redação11 de abril de 2013

O senador Walter Pinheiro (PT-BA) comemorou, no plenário, a concretização de um projeto de mobilidade urbana que ele defendia desde que foi secretário de Planejamento da Bahia. Um acordo firmado entre o governo do Estado  e a prefeitura de Salvador garantiu a retomada das obras do metrô da capital baiana. As obras estavam paralisadas há 13 anos e agora, com a Linha 2,  haverá a expansão de 22 km.

O acordo também transfere para o estado a gestão do metrô. Assim, será possível concluir a obra e interligar o metrô ao trem de subúrbio. “Salvador, pelo seu corte de arrecadação, não tem condição de bancar ou de subsidiar uma estrutura de metrô”, lembrou o senador.

Ele explicou que, pela proposta apresentada pelo governador Jaques Wagner  à prefeitura de Salvador inclui a mudança da estação rodoviária, que hoje fica numa região da cidade conhecida como “cotovelo” . “Salvador é como se fosse um “v” e esse pedaço que chamo de ‘cotovelo’ foi para onde se transferiu o centro comercial, é onde fica a rodoviária, onde fica o centro financeiro, os principais shoppings. Então, todo mundo tem que sair de onde estiver na cidade e passar pelo vértice desse ‘v’, para se locomover”, explicou.

Walter disse que as obras de infraestrutura previstas para a capital baiana preveem a construção de grandes avenidas, que sairão da BR-324, chegando até a orla de Salvador. Assim, não será necessário passar pelo vértice do “cotovelo”, o que vai garantir que o trânsito flua melhor .

Leia também