Pinheiro quer atrair investimentos de energia eólica

:: Da redação22 de setembro de 2011 19:49

Pinheiro quer atrair investimentos de energia eólica

:: Da redação22 de setembro de 2011

A Comissão de Infraestrutura (CI) do Senado autorizou nesta quinta-feira (22/09) a visita do senador Walter Pinheiro (PT-BA) à Espanha e à Portugal para conhecer o desenvolvimento de parques geradores de energia eólica . “A expectativa é conhecer experiências com energia eólica e, ao mesmo tempo, apresentar o Brasil como uma oportunidade de investimento nessa área”, afirmou.

Segundo Pinheiro, diante da crise nesses países que enfrentam a redução dos investimentos locais e fadiga de novos projetos, o Brasil surge como uma nova fronteira, principalmente na área de energia eólica. “E nessa área, os dois países estão muito avançados. Portugal e Espanha têm vasta experiência na consolidação da energia eólica, na construção de aerogeradores e de equipamentos”, disse.

A Bahia, por exemplo, já possui 52 parques geradores e 18 novos em construção, o que já atraiu quatro grupos internacionais que estão instalando filiais. “O governo do estado fechou um protocolo com quatro empresas que vão produzir aerogeradores e equipamentos de monitoramento de energia. Uma empresa já está instalada no Pólo de Camaçari”, anunciou.

O senador disse que a Bahia tem intenção de atrair fabricantes de torres para facilitar novos empreendimentos e o mesmo deve ocorrer com outros estados brasileiros. “Não faz nenhum sentido importar as torres, até porque a movimentação das pás e das torres é um transtorno. Quanto mais perto da instalação mais fácil será o atendimento das demandas. Estou sugerindo que o Senado acompanhe essa missão para adquirir conhecimento no assunto”. Por conta dessa viagem, Pinheiro ficará ausente do Senado entre os dias 8 e 16 de outubro.

Marcello Antunes

Ouça a entrevista do senador Walter Pinheiro

 

{play}images/stories/audio/wpinheiro_energia_eolica.MP3{/play}

 

Clique com o botão direito para baixar o áudio

 

Leia também

ANEEL promove dois leilões de energia nesta semana

Saiba mais sobre energia eólica

Veja funciona a energia eólica

Leia também