Pré-sal bate novo recorde diário, com produção de 337,3 mil barris

:: Da redação25 de outubro de 2013 16:35

Pré-sal bate novo recorde diário, com produção de 337,3 mil barris

:: Da redação25 de outubro de 2013

Esse resultado positivo deve-se à entrada em
operação de novos poços nas plataformas
Cidade de Itajaí (Santos), P-53 e P-54
(Campos) Piranema (Sergipe)

A produção de petróleo da camada pré-sal nos campos operados pela Petrobras chegou ao recorde diário de 337,3 mil barris no dia 2 de setembro. O recorde anterior havia sido 326 mil barris/dia em 22 de junho. A média do mês de setembro foi 326,8 mil barris por dia, somando-se a parte relativa à Petrobras e às suas parceiras, em campos como Lula e Sapinhoá, na Bacia de Santos.

A produção total da Petrobras em setembro, incluindo os campos do pós-sal, foi 1,98 milhão de barris por dia, um crescimento de 3,7% em relação a agosto. O crescimento foi resultado da entrada em operação de novos poços nas plataformas FPSO Cidade de Itajaí, na Bacia de Santos; P-53 e P-54, na Bacia de Campos; e FPSO Piranema, na Bacia de Sergipe.

Incluindo a produção de gás natural em campos nacionais, a marca atingida foi 2,37 milhões de barris de óleo equivalente (óleo mais gás) por dia, ou seja, 3,2% acima de agosto. Somando-se o resultado obtido em campos no exterior, a produção chegou à média diária de 2,58 milhões de barris de óleo equivalente, 3% acima da produção de agosto.

Esse resultado positivo deve-se à entrada em operação de novos poços nas plataformas FPSO Cidade de Itajaí (Bacia de Santos), P-53 e P-54 (Bacia de Campos) e FPSO Piranema (Bacia de Sergipe). Seguindo o cronograma, no mês de setembro houve a conclusão das paradas programadas para manutenção das plataformas P-26 e P-35, ambas no ativo de Marlim e as atividades programadas para a parada da plataforma P-51, no ativo de Marlim Sul e a UPGN2 no ativo de Urucu, na UO-AM.

O destaque do mês foi o recorde mensal produzido nas áreas do pré-sal, que chegou a 326,8 mil barris/dia. No dia 2 de setembro foi batido, também, o recorde diário na produção do pré-sal, com 337,3 mil barris/dia. Esses volumes referem-se à produção total que operamos nessas áreas, incluída a parte de nossos parceiros.

Informações do Blog Fatos e Dados 

Leia também