Pré-sal tem produção recorde de petróleo e gás em dezembro

:: Da redação4 de fevereiro de 2014 13:37

Pré-sal tem produção recorde de petróleo e gás em dezembro

:: Da redação4 de fevereiro de 2014

Produção total atingiu 422,1 milhões de óleo equivalente por dia em dezembro, aumento de 2,5% em relação ao mês anterior, informa a ANP.

A produção em dezembro foi de 346,1 mil
barris de petróleo na média diária e 12,1
milhões de metros cúbicos de gás natural
por dia (Agência Brasil)

A produção na área do pré-sal da Bacia de Santos, em São Paulo, bateu recorde de produção em dezembro de 2013, com a extração de 346,1 mil barris de petróleo na média diária e 12,1 milhões de metros cúbicos de gás natural por dia, segundo o Boletim de Produção da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), divulgado na última segunda-feira (3).

Com esse resultado, a produção total do pré-sal atingiu 422,1 milhões de barris de óleo equivalente (petróleo e gás natural) por dia em dezembro, o que representa um aumento de 2,5% em relação ao mês anterior.

Os campos operados pela Petrobras responderam por 91,9% da produção de petróleo e gás natural do País. Do total da produção nacional, 91,9% da extração de petróleo e 72% da produção de gás natural foram de campos marítimos.

A Bacia de Santos tem 28 poços produtivos nos campos de Baleia Azul, Caratinga e Barracuda, Jubarte, Linguado, Lula, Marlim, Voador, Marlim Leste, Pampo, Pirambu, Sapinhoá e Trilha. O Campo de Marlim Sul manteve a maior produção de petróleo do País, com média diária de 280,2 mil barris e o Campo de Lula foi o maior produtor de gás natural, com 6,3 milhões de metros cúbicos diários.

A Plataforma P-56, da Petrobras, localizada no Campo de Marlim Sul, produziu, em nove poços a ela interligados, cerca de 145,2 mil barris de óleo equivalente por dia (petróleo e gás natural), sendo a maior unidade de produção.

Em dezembro, 313 concessões, operadas por 25 empresas, foram responsáveis pela produção nacional. Destas, 82 são concessões marítimas e 233 terrestres.

A produção de petróleo e gás natural no Brasil abrange 8.994 poços, sendo 765 marítimos e 8.229 terrestres. O campo com o maior número de poços produtores foi Canto do Amaro, Bacia de Potiguar, com 1.109 poços. Marlim foi o campo marítimo com maior número de poços produtores, 59 no total.

Com informações do Portal Brasil e ANP

Leia mais:

Wellington vê incoerência em posição de Aécio sobre pré-sal

Leia também