PT Monitoramento

Privatização da Petrobrás atenta contra a soberania nacional

Bolsonaro colocou à venda ativos da Petrobrás por preços que vão render cerca de R$ 130 bilhões. Entre 2009 e 2014, foram investidos pelos governos Lula e Dilma mais de US$ 250 bilhões na empresa
:: Da redação18 de outubro de 2019 14:23

Privatização da Petrobrás atenta contra a soberania nacional

:: Da redação18 de outubro de 2019

Levantamento do PT no Senado aponta que a estratégia adotada pelo governo Bolsonaro de vender ativos da Petrobrás atenta contra os interesses do País, enfraquece a soberania nacional e promoverá uma verdadeira devastação na economia das regiões Norte e Nordeste.

O governo Bolsonaro colocou à venda ativos por preços que vão render cerca de R$ 130 bilhões. Para se ter uma base de comparação, entre 2009 e 2014, foram investidos pelos governos Lula e Dilma mais de US$ 250 bilhões na Petrobrás.

Bolsonaro adota uma política que ameaça destruir em definitivo o sonho do Brasil de possuir uma empresa do porte e da importância da Petrobrás, criada em 1953 pelo então presidente Getúlio Vargas e com apoio das Forças Armadas que, na oportunidade, apontaram a necessidade estratégica de possuir uma política para o petróleo propondo o monopólio estatal.

Para se ter ideia da importância do Brasil no mercado mundial de petróleo, o País está entre as dez maiores nações produtoras de petróleo do mundo. O Brasil acumula mais de US$ 1 trilhão em reservas de petróleo apenas no pré-sal.

Confira a íntegra do PT Monitoramento

Leia também