Programa de alimentação atende 14,2 milhões de trabalhadores

:: Da redação25 de outubro de 2011 12:49

Programa de alimentação atende 14,2 milhões de trabalhadores

:: Da redação25 de outubro de 2011

Ao romper a barreira dos 14,2 milhões de trabalhadores beneficiados, o Programa de Alimentação do Trabalhador (PAT), implantado com a parceria entre governo, empregadores e sindicatos, aponta que, do total de pessoas atendidas, 11,5 milhões recebem até cinco salários mínimos. Coordenado pelo Ministério do Trabalho e do Emprego (MTE), o PAT acrescentou quase 800 mil trabalhadores em seu atendimento, quando se compara que, em setembro do ano passado, o total de beneficiados era de 13,4 milhões de trabalhadores.
Ao aderir ao PAT, o empregador se compromete a atender, prioritariamente, trabalhadores que se enquadrem nesta faixa salarial. O beneficio só pode ser estendido aos que ganham acima desse valor se o público-alvo estiver totalmente atendido.

Como aderir ao programa – modalidades
A empresa que adere ao PAT pode escolher, dentre as modalidades de fornecimento, os serviços autogestão, onde a beneficiária assume toda a responsabilidade pela elaboração das refeições, desde a contratação de pessoal até a distribuição; e terceirização, onde o fornecimento das refeições é formalizado por intermédio de contrato.
Caso o empregador escolha a segunda modalidade, pode optar por: refeição transportada (quando a comida é levada até o local de trabalho); administração de cozinha e refeitório (quando há terceirização do preparo, mas a realização é feita em refeitório próprio); refeição convênio (fornecimento de vales, tíquetes, cupons); alimentação convênio (a empresa fornece senhas ou tíquetes para aquisição de gêneros alimentícios em estabelecimentos comerciais); e cesta de alimentos (a empresa fornece alimentos em embalagens especiais, garantindo ao trabalhador ao menos uma refeição diária).

Acompanhamento
Em ambos os casos é obrigatória a supervisão por nutricionistas, que vão garantir a qualidade energética e nutricional das refeições. Atualmente, 13.668 profissionais estão envolvidos no programa. As empresas fornecedoras somam 9.336, contra 7.665 em 2010.

Página do PAT

Fonte : Secom

Leia também