Plano Emergencial

PT apresenta Plano de Emprego e Renda em Porto Alegre

O documento apresentado aponta nove diretrizes e capacidade para gerar sete milhões de vagas de trabalho a curto e médio prazo
:: Agência PT de Notícias26 de agosto de 2019 17:45

PT apresenta Plano de Emprego e Renda em Porto Alegre

:: Agência PT de Notícias26 de agosto de 2019

A presidenta nacional do Partido dos Trabalhadores, deputada federal Gleisi Hoffmann, apresentou em coletiva de imprensa nesta segunda-feira (26), o Plano Emergencial de Emprego e Rendaproposto pelo partido. A atividade ocorreu na Assembleia Legislativa e contou com a presença do presidente estadual da legenda, deputado estadualPepe Vargas, o ex-governador Tarso Genro, deputado estadual Edegar Pretto, presidente municipal do partido Rodrigo Dilelo e lideranças locais e estaduais.

O documento apresentado aponta nove diretrizes e capacidade para gerar sete milhões de vagas de trabalho a curto e médio prazo. A proposta é uma iniciativa do PT em parceria com a Fundação Perseu Abramo, que aponta caminhos para tirar o País da estagnação econômica.

“Vivemos um período em que a democracia está em cheque com a atual presidência. Bolsonaro ataca a soberania brasileira e trabalha para uma minoria da população. Este governo é de destruição e não apresenta nada para sair da crise” observou ela.

Os rumos indicados na manifestação são:

1 – Programa Empregos Já com três milhões de brasileiros sendo contratados para trabalhos temporários de zeladoria e recuperação urbana com serviços como limpeza, poda de árvores, manutenção de ruas e calçadas;
2- Retomar as Obras Paradas no Brasil, pois existem hoje ao menos 7.400 paradas. Retomar estas obras evitaria o aumento de custos, gerando empregos a curto prazo e a infraestrutura que o país precisa para voltar a crescer;
3- Reativar o Minha Casa Minha Vida. Hoje, o governo reduziu o projeto em 75%. Com o plano, vamos voltar a construir a média de 500 mil unidades/ano, gerando milhares de empregos e moradia para quem mais precisa;
4- Aumento Real do Salário Mínimo. Voltar a aumentar o salário mínimo anualmente, acima da inflação, para beneficiar diretamente mais de 48 milhões de brasileiros. É o dinheiro na mão do povo que faz a economia girar;
5- Expandir o Bolsa Família. A extrema pobreza aumentou com a crise. O cenário exige uma resposta: ampliar o número de famílias atendidas para reduzir a pobreza e pôr dinheiro na mão do povo brasileiro;
6 – Renegociação de Dívidas. Com ajuda de um banco público, você vai poder renegociar suas dívidas a juros baixos, limpar seu nome na praça e voltar a investir em você e na sua família;
7 – Nosso Petróleo Vai Estimular a Indústria Brasileira. Se o petróleo do pré-sal for usado em favor do seu verdadeiro dono – o povo brasileiro – o preço dos combustíveis pode ser mais barato e estável. Sua exploração, refino e comercialização vão estimular a indústria brasileira, gerando mais empregos e renda;
8- Destravar o BNDES. O Banco vai voltar a investir na indústria local, aumentando a produção, gerando ainda mais empregos e fazendo a economia girar de novo;
9 -Corrigir a Tabela do IR. A tabela do imposto de renda vai voltar a ser corrigida pela inflação – o que não acontece desde 2015 – beneficiando milhões de famílias, que vão reverter esse ganho em consumo e movimentar a nossa economia.

Para Gleisi estas medidas são fundamentais para tirar o Brasil da crise. “Para que tudo isso saia da teoria e vá para a prática pode ser utilizado de recursos já existentes no próprio Orçamento da União e propomos a utilização de parte da cessão onerosa do pré-sal”. Ela encerrou afirmando que a solução é investir nos brasileiros e brasileiras. “É fazer o dinheiro rodar na mão do povo, aumentar o consumo, expandir a produção, fazer a roda da economia girar de novo. Nunca acreditamos no ‘quanto pior melhor’. Fazemos oposição em defesa do povo brasileiro” ressaltou Gleisi.

Acesse a íntegra da matéria

Leia também