PT manifesta indignação pela morte violenta de militante LGBT

Em nota, o presidente Rui Falcão pede ao Congresso rápida aprovação do PLC 122, que pune os crimes de homofobia e preconceito.

:: Da redação26 de julho de 2013 17:44

PT manifesta indignação pela morte violenta de militante LGBT

:: Da redação26 de julho de 2013

O presidente nacional do PT, Rui Falcão, o secretário nacional de Movimentos Populares, Renato Simões, e a coordenadora do Setorial LGBT, Janaína Oliveira, divulgaram nota nesta quinta-feira (25), na qual manifestam “indignação” com o assassinato da travesti Shanayne (Josinaldo Rodrigues Macena), 29 anos, militante petista da Paraíba. Shanayne, que trabalhava como cabeleireira, foi executada a golpes de faca peixeira, na noite deste domingo (21), no município de Nova Floresta, agreste paraibano.

Leia a íntegra da nota:

INDIGNAÇÃO PELA MORTE VIOLENTA DE UMA MILITANTE PETISTA DA CAUSA LGBT

O PT recebe com pesar e profunda indignação a notícia do assassinato da travesti Shanayne (Josinaldo Rodrigues Macena), 29 anos, militante petista da Paraíba. Shanayne, que trabalhava como cabeleireira, foi executada a golpes de faca peixeira, na noite deste domingo (21), no município de Nova Floresta, agreste paraibano.

Shanayne concorreu, nas últimas eleições municipais, a um cargo de vereadora pelo Partido dos Trabalhadores. Derrotada nas urnas, empunhou com dignidade, entre outras, as bandeiras da igualdade de direitos e o fim da discriminação homofóbica em nossa sociedade.

Segundo registros da imprensa a partir de fontes policiais, o crime aconteceu depois que a vítima deixou um bar em um sítio da cidade, onde bebia com amig@s, e seguiu com destino para sua casa. Apenas no outro dia 2@s amig@s souberam do assassinato. Ainda conforme a polícia, o rosto dela ficou desfigurado devido aos vários golpes a faca. Um cenário de crueldade já corriqueiro em crimes de cunho transfóbico.

A autoria e a motivação do crime seguem sob investigação, que será acompanhada pela Ouvidoria Nacional da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República.

Solicitamos às autoridades de Segurança Pública do Estado da Paraíba a apuração dos fatos e a elucidação do crime com responsabilização judicial de seus autores, impedindo a impunidade que lamentavelmente grassa em casos de violência homofóbica em tantos estados do Brasil.

A incidência de crimes homofóbicos em nosso país nos coloca diante da urgência na aprovação de legislação especifica que coíba crimes desta natureza, que vitimam cidadãs e cidadãos pelo simples fato de exercerem sua orientação sexual e identidade de gênero.

Ao transmitir nosso pesar e solidariedade a familiares e amig@s de Shanayne, bem como ao PT da Paraíba, conclamamos o Congresso Nacional a aprovar com urgência o PLC 122 que ora tramita no Senado. Contamos com as bancadas petistas no Senado e na Câmara dos Deputados para impulsionarem o avanço no combate à Homo-Lesbo-Transfobia que, em 2012, vitimou fatalmente 311 LGBTs em todo o território nacional.

Rui Falcão

Presidente Nacional do PT

Renato Simões

Secretário Nacional de Movimentos Populares e Políticas Setoriais do PT

Janaína Oliveira

Coordenadora do Setorial Nacional LGBT do PT

Leia mais:

Democracia e intolerância – por Paulo Paim

Democracia, para o PT, tem Estado laico e respeita direitos


Leia também