Na defesa do povo

PT no Senado defendeu e garantiu direitos para o povo

Rogério Carvalho esteve na liderança do PT durante o ano de 2020, e enfrentou, junto com a bancada, enormes desafios na defesa dos interesses públicos. “Foi preciso acompanhar atentamente e reagir fortemente ao governo desumano, irresponsável e corrupto de Jair Bolsonaro”, declara Carvalho
:: Da redação1 de fevereiro de 2021 10:35

PT no Senado defendeu e garantiu direitos para o povo

:: Da redação1 de fevereiro de 2021

Depois de um ano de atuação firme, atenta e eficaz, Rogério Carvalho (SE) se despede da Liderança do PT no Senado nessa segunda-feira (1). Sua gestão aconteceu no segundo ano do seu mandato parlamentar como senador.

No ambiente da pandemia da Covid-19, e mesmo com sessões remotas e sem o debate público, a Bancada petista enfrentou a disputa em torno de temas econômicos, de direitos humanos, ambientais, sociais e culturais, como a Lei Aldir Blanc.

Entre os resultados vitoriosos, está a aprovação do Auxílio Emergencial, em que o PT garantiu o valor de R$ 600,00, superior aos R$ 200,00 inicialmente proposto pelo governo.

Rogério Carvalho destaca também, em sua atuação como líder, a ação conjunta com os governadores no enfrentamento à pandemia e o auxílio aos estados e munícipios.

O PT aprovou emenda ao Projeto de Lei e viabilizou o aumento dos repasses para os estados, o que foi fundamental no combate à pandemia. Pelo destaque do PT foram acrescidos mais 5 bilhões de reais aos estados (de 25 para 30 bilhões) e os municípios puderam renegociar suas dívidas com a Previdência.

Além de aprovar projetos importantes para a proteção da economia e renda das famílias, a Bancada do PT também se destacou por derrotar projetos de Bolsonaro que retiravam direitos dos trabalhadores, como a Carteira Verde Amarela.

“Foi preciso acompanhar atentamente e reagir fortemente ao governo desumano, irresponsável e corrupto de Jair Bolsonaro”, declara Carvalho.

Para o senador, a atuação firme e forte do PT – garantindo direitos e reduzindo danos – deve avançar em 2021, com ampliação do debate sobre o impeachment de Bolsonaro.

“O país precisa superar as crises sanitária e econômica, para retomar o desenvolvimento nacional, com inclusão social”, preconiza Rogério Carvalho.

E reconheceu a atuação aguerrida de todos os senadores petistas: “Estou chegando ao final da minha gestão como líder do PT no Senado. Não foi um ano qualquer, tão pouco foi fácil. Por isso quero agradecer, carinhosamente, aos meus companheiros de Bancada. Senadores aguerridos, que tem em suas trajetórias o compromisso de defender os trabalhadores e trabalhadoras do Brasil”.

Leia também