Quatro depoimentos previstos para esta terça-feira na CPMI do Cachoeira

:: Da redação4 de junho de 2012 14:41

Quatro depoimentos previstos para esta terça-feira na CPMI do Cachoeira

:: Da redação4 de junho de 2012

A Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI), que investiga as ligações do contraventor Carlos Augusto Ramos – o Carlinhos Cachoeira -, reúne-se nesta terça-feira (05/06), a partir das 10h15 para ouvir quatro pessoas citadas como participantes do esquema.

Eliane Gonçalves Pinheiro era chefe de gabinete do governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB); Walter Paulo Santiago, o empresário para quem Perillo teria vendido uma casa de luxo em Goiânia; e Sejana Martins e Écio Antônio Ribeiro, sócios da Mestra Administração, que teria sido usada como laranja na negociação do imóvel.

A casa é a mesma onde Cachoeira foi preso, no dia 29 de fevereiro. Há suspeitas de que ele seria o verdadeiro comprador, com Walter Paulo Santiago operando como intermediário para esconder a transação. No Registro Geral de Imóveis, a casa está no nome da Mestra Administração.

Com informações da Agência Senado

Leia também