#ComLulaemPortoAlegre

Quatro ex-presidentes latinos se somam a 157 mil em manifesto

Ex-presidentes sul-americanos se somam a centenas de milhares de pessoas de mais de cem países que se mobilizam em defesa de eleições justas e democráticas
:: Agência PT de Notícias11 de janeiro de 2018 12:44

Quatro ex-presidentes latinos se somam a 157 mil em manifesto

:: Agência PT de Notícias11 de janeiro de 2018

Após a ex-presidenta argentina Cristina Kirchner, o uruguaio José Mujica, o equatoriano Rafael Correa e o colombiano Ernesto Samper também assinaram o manifesto Eleição sem Lula é Fraude, que já soma quase 160 mil assinaturas em defesa de eleições livres e democráticas, contra a perseguição política de Lula e em defesa da democracia no Brasil.

Além dos ex-presidentes, do meio político brasileiro já assinaram o manifesto o governador Wellington Dias, Gilberto Maringoni, a deputada estadual pelo PCdoB Manuela D’Ávila, o coordenador do MTST Guilherme Boulos e o presidente da CUT Vagner Freitas, entre outras personalidades.

Também assinam João Carlos Gonçalves, o Juruna, secretário-geral da Força Sindical; Edson Carneiro Índio, Secretário-Geral da Intersindical; Nalu Faria, da Marcha Mundial das Mulheres, Flávio Jorge, membro da Soweto Organização Negra de São Paulo e da Coordenação Nacional de Entidades Negras (Conen) e Edson França, da Unegro e Raimundo Bonfim, da Central de Movimentos Populares (CMP).

Leia a matéria na íntegra.

Leia também