Receita nominal do setor de serviços acumula alta de 7,7% neste ano

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou nesta quinta-feira (17) a Pesquisa Mensal de Serviços (PMS), relativa ao mês de maio, indicando que a receita nominal cresceu 7,7% no acumulado deste ano; 6,6% na comparação entre maio de 2014 e maio de 2013 e 8,2% em doze meses. Apenas em maio, os serviços prestados às famílias cresceram 11,6%, os de informação e comunicação 4,5% e os serviços profissionais, administrativos e complementares, 7,8%. Os serviços de transporte e de correios subiram 7,5%.

:: Da redação17 de julho de 2014 19:49

Receita nominal do setor de serviços acumula alta de 7,7% neste ano

:: Da redação17 de julho de 2014

De acordo com a PMS, o segmento de serviços prestados às famílias, que em maio cresceu 11,6%, foi superior às taxas observadas em abril, de 10,4% e em março, de 10%. Neste segmento específico, foram destaque os serviços de alojamento e alimentação, cujo crescimento foi de 11,8%.

Os serviços de informação e comunicação, que cresceram 4,5% em maio, tiveram receita nominal acima das apuradas em abril, quando subiu 3,7% e março, 4,4%. Os serviços de tecnologia da informação e comunicação, que abrangem as atividades nas áreas de telecomunicações e de tecnologia da informação subiram 3,1%. O segmento como um todo contribuiu com 1,5 ponto percentual a composição absoluta do índice geral.

Já os serviços profissionais, administrativos e complementares, que subiu 7,8% em maio, ficaram acima da taca de 5,2% observada em abril mas abaixo do crescimento da receita de 8,8% apurada em março. O segmento de Transporte, por sua vez, viu a receita nominal crescer 7,5%. O setor de serviços é um dos que mais gera empregos no País.

Com informações do IBGE

Veja a íntegra da pesquisa

Leia também