Reforma política: Ana Rita convoca militância a participar

O PT colhe assinaturas para o projeto de iniciativa popular. “Para continuar com as mudanças é preciso aperfeiçoar a democracia brasileira alterando nosso sistema político e ampliar a participação popular”.

:: Da redação27 de maio de 2013 21:37

Reforma política: Ana Rita convoca militância a participar

:: Da redação27 de maio de 2013

 

O poder econômico não pode determinar o
processo eleitoral, precisamos fortalecer a
democracia brasileira

A senadora Ana Rita (PT/ES), chamou os militantes do PT e a população em geral para participar da Campanha pela Reforma Política em todo País por meio de um projeto de iniciativa popular. Para que ela caminhe no Congresso, são necessárias, no mínimo, 1,4 milhões de assinaturas. O objetivo do partido é atingir 1,5 milhões de assinaturas. A senadora foi uma das primeiras a assinar o formulário do Projeto de Lei de Iniciativa Popular sobre a reforma.

“Para participar, basta assinar o projeto de lei e ter em mãos o título de eleitor. O poder econômico não pode determinar o processo eleitoral, precisamos fortalecer a democracia brasileira. Por isso a sua participação é muito importante. Assine e ajude a mobilizar”, conclamou a senadora.

Ana Rita enfatizou que o Brasil está em um processo de transformação com foco na melhoria da qualidade de vida da população. “Para continuar com as mudanças é preciso aperfeiçoar a democracia brasileira alterando nosso sistema político eleitoral para ampliar a participação popular e influir mais nas decisões nacionais”, disse.

Veja o que propõe o movimento:
Financiamento público exclusivo de campanhas políticas; Voto em lista preordenada para os parlamentos; – Aumento compulsório da participação feminina nas candidaturas; e a – Convocação de Assembleia Constituinte exclusiva sobre Reforma Política: para que se aprofunde a democracia brasileira através de um amplo debate com participação efetiva da sociedade.

Durante entrevista para a TVPT, Wellington e Humberto comentaram a importância da Reforma Política também para acabar com a força do poder econômico na definição das eleições.

De acordo com o senador Humberto Costa (PT/PE), “é preciso aprofundar a democracia no Brasil, criando igualdade para participação no processo político para todas as forças que representam setores da sociedade, ampliando a relação de transparência entre os eleitores e os eleitos” disse o petista.

Com informações do site do PT

Assista à entrevista da senadora
{youtube}KrUbzKmZt88{/youtube}

Leia mais:

TVPT: Senadores defendem projeto de Reforma Política

Reforma Política: conheça os folhetos explicativos da campanha

Leia também