Saudade de Lula traduz o desejo de justiça social

:: Senadora Fátima Bezerra17 de fevereiro de 2017 14:37

Saudade de Lula traduz o desejo de justiça social

:: Senadora Fátima Bezerra17 de fevereiro de 2017

O golpe de Estado consumado no Congresso Nacional conduziu ao comando da nação um governo sem legitimidade e sem compromisso com os direitos da maioria da população brasileira.

Está mais claro do que nunca que o impeachment foi apenas um pretexto para que o consórcio golpista pudesse assumir a Presidência da República e implementar um conjunto de reformas que retiram direitos dos trabalhadores e preservam os privilégios dos mais ricos.

A Emenda Constitucional 95/16, que congela os investimentos públicos durante 20 anos e anula pelo mesmo período o piso constitucional dos recursos destinados à educação e à saúde; a reforma autoritária do ensino médio, que precariza o ensino e amplia as desigualdades educacionais; a reforma da previdência, que impõe 49 anos de trabalho para acesso à aposentadoria integral e penaliza intensamente professores, trabalhadores rurais, idosos e pessoas com deficiência; e a reforma trabalhista, que faz o negociado prevalecer sobre o legislado e amplia a jornada de trabalho, são alguns exemplos do que o governo ilegítimo e sua base de sustentação parlamentar estão dispostos a fazer, com o apoio da grande mídia empresarial e o silêncio das panelas.

Todo esse processo de retirada de direitos, associado à permanente campanha de desmoralização da atividade política, faz com que a população deixe de acreditar na política como instrumento de transformação da sociedade, cria um abismo entre a sociedade política e a sociedade civil, mas não é capaz de apagar sumariamente a memória coletiva da população brasileira.

O resultado da recém divulgada pesquisa CNT/MDA não é fruto do acaso nem muito menos da caçada jurídico-midiática empreendida contra o ex-presidente Lula e seus familiares. O que a pesquisa demonstra é que, na ausência de uma perspectiva de futuro, na ausência de um projeto de nação legitimado pelo voto popular e capaz de trazer esperança ao povo brasileiro, a população olha para o passado e lembra do melhor presidente da história do nosso país; lembra de um governo responsável pelo maior ciclo de desenvolvimento econômico com distribuição de renda de nossa história; de um projeto de nação que tinha como principais objetivos acabar com a fome, reduzir a pobreza e construir o ambiente do pleno emprego; de um operário que nunca subordinou o seu país a interesses mesquinhos de potências estrangeiras.

A pesquisa CNT/MDA antecipa os possíveis cenários da disputa eleitoral de 2018 e mostra que Lula lidera em todos os cenários, seja quem for seu adversário. Revela também que os maestros do golpe passaram a ter a mesma estatura política que figuras como o deputado Jair Bolsonaro, defensor da ditadura e da tortura; e que o governo Temer nunca foi tão mal avaliado pela população.

Sabemos que esse resultado vai provocar ainda mais ódio, que o ex-presidente Lula será cada vez mais perseguido e difamado, mas confiamos na memória da população brasileira. Com muita luta popular, com um projeto de nação ainda mais ousado e com Lula candidato a presidente, devolveremos a esperança que a população brasileira tanto merece, resgataremos a democracia e faremos o país retomar caminho da justiça social. O momento é de transformar a saudade de Lula em muita luta, pois nossos sonhos só a luta faz valer.

Reprodução autorizada mediante citação do site PT no Senado

Leia também