Senador Aníbal defende ações afirmativas para igualdade racial

:: Da redação23 de agosto de 2011 03:00

Senador Aníbal defende ações afirmativas para igualdade racial

:: Da redação23 de agosto de 2011

O senador Aníbal Diniz (PT-AC) defendeu, no Senado, a necessidade de intensificar o enfrentamento ao racismo e à intolerância. A Organização das Nações Unidas (ONU) instituiu este ano de 2011 como o Ano Internacional dos Afrodescendentes, o que tem motivado ações nacionais na promoção da igualdade racial.

Atento a esse momento, Aníbal Diniz afirmou que esses temas são mais do que nunca relevantes no Brasil e numa realidade mundial abalada por conflitos étnicos e raciais. Na tribuna do Senado, ele reforçou que toda forma de discriminação é inaceitável e que a sociedade já se desenvolveu o suficiente para não tolerar mais comportamentos preconceituosos.

“O ano de 2011 é o Ano Internacional dos Afrodescendentes. Temos de aproveitar esse momento para aprofundar a nossa discussão e combater, com veemência, toda forma de preconceito racial neste Brasil multiétnico”, defendeu o senador.

Ele ressaltou o fato de que hoje há um número cada vez maior de mobilizações, campanhas e união de esforços para promover a igualdade racial, e lembrou que essa pauta não é de responsabilidade apenas do movimento negro ou do Estado brasileiro. “É uma ação coletiva que deve envolver homens e mulheres de todas as regiões do País”, disse.

Foi nessa perspectiva que a Secretaria de Política de Promoção da Igualdade Racial (Seppir), lançou recentemente a campanha “Igualdade Racial é pra Valer”. A iniciativa está ancorada em uma estratégia de adesão de parceiros e na cooperação de instituições tanto na esfera pública como privada. A ideia é convocar diferentes agentes sociais e econômicos a assumir ações capazes de tornar a inclusão uma realidade para todos os brasileiros.

Um documento elaborado com as contribuições de grupos culturais e artísticos do país, por exemplo, reúne várias propostas. Uma delas é ter a adesão de empresas estatais e privadas e incrementar a política de patrocínio por meio do incentivo à cultura e às artes negras em suas variadas linguagens: teatro, música, dança, cinema, fotografia, artes visuais, artes plásticas e literatura.

“A Seppir adianta que os desafios nos impelem a alargar os significados e o alcance da igualdade racial. Nosso objetivo é aprofundar as mudanças recentes e avançar em mais ações afirmativas e políticas gerais de inclusão social”, defendeu o senador.

Assessoria de Imprensa do senador Aníbal Diniz
Foto: Agência Senado

Fonte: Assessoria de Imprensa da Liderança do PT no Senado

Leia também