Senadores pedem ao Ministério Público investigação contra Júlio Marcelo e D’ávila

:: Da redação30 de agosto de 2016 21:50

Senadores pedem ao Ministério Público investigação contra Júlio Marcelo e D’ávila

:: Da redação30 de agosto de 2016

Senadores pedem ao Ministério Público investigação contra Júlio Marcelo e D’ávilaCatorze senadores do PT, PCdoB, PSB, PMDB e Rede decidiram ingressar com uma Reclamação Disciplinar no Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) e uma representação no Ministério Público Federal (MPF) contra o procurador junto ao Tribunal de Contas da União (TCU) Júlio Marcelo de Oliveira. A peça apresentada ao MPF é também movida contra o ex-auditor daquela Corte de Contas, Antônio Carlos Costa Carvalho D’Ávila Junior, atualmente consultor de Orçamento da Câmara dos Deputados. 

Ambos trabalharam juntos, segundo confessou o auditor durante depoimento no Senado, na elaboração da representação apresentada ao TCU para investigação das chamadas pedaladas fiscais. 

O fundamento das duas peças, uma de caráter administrativo e outra de caráter judicial, é solicitar a abertura de investigação para apurar: 

a) a conduta do procurador, que confessou ter participado da convocação de ato político-partidário pela rejeição das contas da presidenta Dilma Rousseff, infringindo o dever funcional da isenção e imparcialidade, que omitiu e, quando conhecida, o levou a ser rebaixado da condição de testemunha a informante durante a sessão de julgamento do impeachment. Ao CNMP, pede-se a aplicação das medidas disciplinares cabíveis. Ao MPF, as medidas legais aplicáveis; 

 

b) a conduta do ex-auditor, que também quebrou o dever funcional de isenção e imparcialidade e contra quem se pede a imputação de crime de falso testemunho por ter apresentado duas versões distintas em seu depoimento ao plenário do Senado Federal no dia 25 de agosto de 2016.

Facebook
Twitter
Whatsapp
SOCIALICON